A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/04/2015 10:53

Governador anuncia revitalização e melhorias no Parque das Nações

Matéria publicada pelo Campo Grande News mostrou abandono do principal cartão postal da cidade

Mariana Rodrigues e Michel Faustino
Reinaldo vistoriou o parque juntamento com os secretários Jaime Verruck (à esquerda) e Marcelo Migliolli ( à direita). (Foto: Marcelo Calazans)Reinaldo vistoriou o parque juntamento com os secretários Jaime Verruck (à esquerda) e Marcelo Migliolli ( à direita). (Foto: Marcelo Calazans)
Um dos pontos visitados foi a casa do homem pantaneiro que está fechada e deve ser reaberta após parceria com a Fundação Manoel de Barros. (Foto: Marcelo Calazans)Um dos pontos visitados foi a casa do homem pantaneiro que está fechada e deve ser reaberta após parceria com a Fundação Manoel de Barros. (Foto: Marcelo Calazans)

Na manhã deste sábado (11), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) fez uma vistoria pelo Parque das Nações Indígenas, nos altos da Avenida Afonso Pena em Campo Grande, com a finalidade de fiscalizar o local para que melhorias sejam feitas. Matéria publicada pelo Campo Grande News na semana passada mostrou o abandono dos prédios e a indignação dos frequentadores que reclamam, inclusive, da falta de segurança no local.

Durante sua visita, Reinaldo autorizou que sejam trocada as lâmpadas que estão queimadas no local. Segundo o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semad), Jaime Verruck, que acompanha a fiscalização, no total 180 lâmpadas serão trocadas.

A troca será feita por lâmpadas de led, que deve gerar uma economia maior para o local. O superintendente de Energia da Secretaria de Obras, Edemir Basso, destacou que atualmente o local possui apenas lâmpadas de tubo de 250 watts, sendo que as de led funcionam com 130 watts. “Ela consome menos, quase metade da outra, e isso vai gerar uma economia muito grande, cerca de R$ 330 mil em um ano”, disse Basso.

Segundo ele, a substituição será de forma gradativa, conforme as lâmpadas vão queimando eles irão trocando por novas. Basso disse ainda que no primeiro momento não será feita a troca da luminária, apenas os refletores serão trocados.

A duração das lâmpadas também geram mais economia, uma vez que as atuais tem autonomia de 10 mil por hora enquanto as de led apresentam 50 mil por hora. Estima-se que vai se gastar cerca de R$ 500 mil para a substituição das lâmpadas. Se fosse trocada as luminárias gastaria mais de R$ 1 milhão.

Outras melhorias foram anunciada para o local. O governador disse que vai reestruturar as vias internas do parque, além da sinalização e ciclo faixa.

Outro local que deve passar por melhorias é a Casa do Homem Pantaneiro. “Vamos buscar uma parceira junto a Fundação Manoel de Barros para que a fundação ocupe o espaço ”.

O Cras também deve passar por revitalização. De acordo com o governador, será feito um projeto para a reforma e ampliação do local para acolher animais que são vítima de tráfico ou são vítimas de acidentes.

Segundo governador, Estado gasta cerca de R$ 140 mil para manter peixes que deveriam ir para o aquário. (Foto: Marcelo Calazans)Segundo governador, Estado gasta cerca de R$ 140 mil para manter peixes que deveriam ir para o aquário. (Foto: Marcelo Calazans)

Aquário do Pantanal – Durante a vistoria no Parque das Nações Indígenas, Reinaldo lembrou ainda do Aquário do Pantanal e destacou que houve falta de planejamento da gestão anterior. Segundo ele o Aquário deve ser concluído até o fim do ano. Outro problema relatado por ele é a Quarentena dos peixes que serão utilizados no Aquário. O Imasul informa que o custeio com os animais custa R$ 140 mil por mês com alimentação, e manutenção.

“Poderia ter sido evitado isso se tivesse um planejamento da gestão anterior”, destacou.

Sobre o assoreamento do lago, Reinaldo disse que vai conversar com a Secretaria de Obras do município para fazer um projeto de automação para evitar o alagamento, uma vez que o lago recebe uma carga muito grande água .

O assoreamento do lago do Parque das Nações também será alvo de melhorias (Foto: Marcelo Calazans)O assoreamento do lago do Parque das Nações também será alvo de melhorias (Foto: Marcelo Calazans)


já estava atrasado para essa reforma do parque que diz ser o cartão postal da cidade, gostei do preço das lampadas de led vão colocar 180 lampadas por uma bagatela de Quinhentos mil reais por 180 lampadas custara cada 2,77777777 e eu achei em um site sem pesquisar muito ,Lâmpada LED para poste 130w Branco Frio Luxgen por R$ 1.18500 , uma boa difereça de custo, mais como é coisa do governo tudo é mais caro pra não falar outra coisa mas fazer o que né ; agora não andianta consertar o parque e deixar jogado as traças , tem que ter guarda a noite, porque esse parque ta mais para encontro de vagabundos , do que para Entretenimento da populaçãom de bem !!!
 
jonas nunes dos santos em 11/04/2015 18:03:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions