A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/10/2015 10:34

Greve da UFMS perde força e professores aguardam nova rodada de negociação

Juliana Brum
Há mais de 100 dias categoria sente que greve perde forças (Foto - Alcides Neto / Arquivo)Há mais de 100 dias categoria sente que greve perde forças (Foto - Alcides Neto / Arquivo)

Greve dos professores da UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul) perdeu força após 100 dias de paralisação. Eles vão aguardar a próxima rodada de negociações feitas pelo comando nacional da greve na próxima semana em Brasília para decidir os rumos do movimento no Estado.

A categoria cobra do governo que além do reajuste salarial seja aceito o pedido de reestruturação da carreira como também seja tomada medidas sobre os cortes realizados na educação, como por exemplo o corte do FIES dentre outras contenções de despesas.

Segundo Gerson Jara, assessor da Adufms (Associação Docente da Federal de Mato Grosso do Sul), o comando de greve apresentou na última reunião com o governo uma nova proposta de reajuste salarial de 19,7% dividida para serem pagas em 2016 e 2017, mas ainda não recebeu retorno.

A proposta inicialmente apresentada era de 27.13%, rebatida pelo governo em 21.7% parcelada em quatro vezes, proposta esta não aceita pelos grevistas.

A greve começou no Estado no dia 15 de junho e a maioria dos professores já estão repondo as matérias perdidas no Campus da Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions