A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/12/2015 12:08

Grupo espírita faz "Natal de Rua" para quem passaria dia 25 sozinho

Caroline Maldonado
Grupo chegou cedo, ofereceu café da manhã e almoço (Foto: Fernando Antunes)Grupo chegou cedo, ofereceu café da manhã e almoço (Foto: Fernando Antunes)
Moradores de rua puderam tomar banho e escolher roupas e sapatos (Foto: Fernando Antunes)Moradores de rua puderam tomar banho e escolher roupas e sapatos (Foto: Fernando Antunes)

Um grupo de 30 espíritas de Campo Grande decidiu dedicar a manhã de Natal aos moradores de rua. Eles chegaram hoje (25) às 8h na antiga rodoviária oferecendo café da manhã, roupas, kits de higiene e até banho. A ideia é resgatar a cidadania, pois muitos já nem sabem mais o que é ser chamado pelo nome depois de anos vivendo nas ruas, segundo um dos organizadores, João Carlos Rosa.

Depois do café, quem quis permanecer ali ouviu palestra, conversou, almoçou e ganhou panetone. O “Natal de Rua” é realizado por grupos espíritas em diversas Capitais. “Queremos que eles sintam vontade de voltar a viver, a amar, pois muitos perderam o amor próprio, abandonando a si mesmo”, comentou João.

Para o espírita, a história de cada pessoa que vive na rua tem sempre um trauma no começo. “São pessoas que viveram algo muito difícil e ficaram marcadas. Essa ação é para levar um conforto, pois sabemos que uma ajuda, uma conversa, um abraço faz muita diferença”, disse.

Entre os que estiveram no local, João Carlos, 51 anos, tomou banho, escolheu roupas, almoçou e fez uma reflexão sobre a atitude de quem promoveu o encontro. “Tempo é vida! Se eles dedicam esse momento para a agente, tenho certeza que um dia vão ter uma mão estendida também lá na frente quando precisarem, porque todo mundo precisa uma hora”, comentou.

Há 7 anos sem residência fixa, Claudinei Feliz Pompeu, 40 anos, pousa na rodoviária quando está em Campo Grande. Convidado para o café da manhã, ele contou que tem vontade de mudar de vida, mas tem problemas com bebida alcoólica. “Depois que me divorciei fiquei assim. É importante para caramba o carinho dessas pessoas que vieram aqui fazer isso. Isso abre o coração da gente”, disse.

O banho para quem estava há dias sem higiene ficou por conta do proprietário de um restaurante. Há 4 anos trabalhando na rodoviária, o empresário Edilson da Silva, ofereceu o banheiro do estabelecimento. “Conheço quase todos aqui, sei de muitas histórias. A maioria tem problemas com drogas e precisa de um apoio, porque não é fácil sair dessa situação. Temos apenas que fazer o bem, sem olhar a quem”.

O grupo com espíritas de seis centros da cidade tem uma página na internet e articula ações como essas o ano inteiro. Quem deseja participar ajudando de alguma forma pode entrar em contato pelo facebook.com/CaravanaFraternaMS, segundo Luciano Sanches, integrante do Centro Espírita Caridade O Caminho, no Jardim Noroeste.

Um dos organizadores do Natal de Rua, João Carlos Rosa (Foto: Fernando Antunes)Um dos organizadores do Natal de Rua, João Carlos Rosa (Foto: Fernando Antunes)
Grupo ofereceu almoço e panetone (Foto: Fernando Antunes)Grupo ofereceu almoço e panetone (Foto: Fernando Antunes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions