ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  03    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Guarda aponta queda gradual no desrespeito ao toque de recolher

Semana começou com 70 estabelecimentos fechados pela Guarda na noite de domingo. Na quarta à noite foram 23

Por Izabela Sanchez | 02/04/2020 08:21
Imagens de monitoramente da Guarda mostram uma 14 de Julho deserta na noite de quarta (1) (Foto: Divulgação)
Imagens de monitoramente da Guarda mostram uma 14 de Julho deserta na noite de quarta (1) (Foto: Divulgação)

Números da GCM (Guarda Civil Metropolitana) de Campo Grande ao longo desta semana que começou no penúltimo dia de março, segunda-feira (30), mostram queda gradual do número de estabelecimentos encontrados abertos, em descumprimento ao toque de recolher da Prefeitura.

Não podem permanecer abertos nenhum comércio ou serviço, a não ser os considerados essenciais, entre às 22h e às 5h, conforme prevê normativa do município. De domingo (29) até agora, números das operações diárias da Guarda indicam queda de mais de 50% no descumprimento.

Os números são sempre divulgados no dia seguinte às operações. Conforme mostrou a Guarda na segunda-feira (30),  70 estabelecimentos descumpriram o toque de recolher que ainda vigorava com horário mais restrito, às 20h, na noite de domingo.

Na noite desta quarta-feira (1), 23 comércios, entre barraquinhas de lanche e conveniências, foram flagrados abertos durante a noite.

Conveniência na Avenida Julio de Castilho na noite de quarta-feira (1) (Foto: Divulgação)
Conveniência na Avenida Julio de Castilho na noite de quarta-feira (1) (Foto: Divulgação)

As operações ocorrem, segundo a Guarda, em todas as 7 regiões da cidade. Na noite de terça (31), 23 estabelecimentos tiveram que fechar as portas e 105 pessoas foram abordadas.

Já na noite desta quarta (1), foram 85 pessoas abordadas.

Na noite de segunda-feira (30), os números foram ainda menores: 14 comércios fechados pela Guarda e 72 pessoas abordadas.