A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/09/2014 06:30

Guarda municipal espanca mulher enquanto fazia segurança de escola

Aliny Mary Dias

Um guarda municipal de 42 anos é acusado pela mulher dele, de 31 anos, de tê-la espancado e ainda a ameaçado com uma faca durante o expediente, na noite de ontem (9), no Bairro Santo Antônio.

Segundo o registro policial, a mulher disse aos policiais que vive há oito meses com o guarda municipal e que em razão de uma briga ocorrida no fim de semana, a vítima decidiu ir até a Escola Municipal Manoel Inácio de Souza, onde o companheiro trabalha como segurança.

Durante a conversa entre os dois, houve uma discussão e o guarda começou a agredir a mulher. Com tapas no rosto e socos, a vítima foi derrubada no chão e o homem tentou enforcá-la. Chutes foram dados contra a vítima enquanto ela estava caída.

Machucada, a mulher conseguiu pedir ajuda a uma amiga que tentou impedir novas agressões, mas acabou sendo também agredida com tapas pelo guarda municipal. No registro policial, não há informações sobre a presença da Polícia Militar no local e a detenção do guarda.

A vítima procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga e contou aos policiais civis que já foi agredida outras vezes, mas que nunca registrou as ocorrências. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa e vias de fato, ambos crimes qualificados por violência doméstica.



Não dará em nada, pq o cara é "puliça''!
 
antenor assis de figueiredo em 10/09/2014 07:09:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions