A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/07/2015 10:41

Guarda vai abordar alunos fora da sala para combater drogas e depredação

Filipe Prado
A reunião foi realizada na tarde de ontem (Foto: Divulgação)A reunião foi realizada na tarde de ontem (Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Segurança Pública, em parceria com a 27ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude, Conselho Tutelare e Assetur (Associação das Empresas do Transporte Coletivo), vão iniciar uma campanha para coibir a aglomeração de estudantes em terminais de ônibus em horário escolar. A ação tem objetivo de acabar com a depredação do patrimônio público e alertar para o uso de drogas.

A primeira parte campanha deve começar a ser deflagrada em 50 dias, de acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, tendo como ação a orientação dos alunos em terminais, no entorno das escolas, praças e locais públicos de lazer. A decisão foi firmada durante uma reunião na tarde de ontem (30).

O objetivo da campanha é alertar sobre o uso de drogas, a violência e a prática de crimes pelos adolescentes, principalmente a depredação do patrimônio público. “Quando o aluno está fora da sala de aula, no período que deveria estar no ambiente escolar, as consequências são sempre negativas. É responsabilidade de toda a sociedade zelar pelo bem estar das crianças e adolescentes e mostrar de forma adequada para estes jovens quais são as consequências para suas ações”, comentou o secretário de Segurança Pública, Valério Azambuja.

O secretário apontou que a campanha foi uma solicitação das escolas. Com isso a Guarda Municipal vai intensificar as rondas escolares, após o período de orientação, no horário de entrada e saída das escolas, evitando a presença e pessoas suspeitas nos arredores.

Os comerciantes da região também serão orientados, para que não vendam matérias que possam ser utilizados para depredação. “Fora da sala de aula, além do prejuízo educacional, o aluno fica exposto a práticas não saudáveis, como uso de álcool, narguilé, cigarro, e outras drogas. Por isso, acreditamos que esse trabalho integrado venha atender diversas necessidades relacionadas à qualidade de vida destes indivíduos”, apontou a conselheira tutelar Ana Paula Amarilha.

Guardas Municipais escolhidos para fazer parte da campanha, passarão por uma capacitação, onde aprenderão a lidar com estas situações. “Nosso papel em relação aos jovens é promover sua segurança e propiciar o melhor ambiente para que ele se desenvolva e possa ter uma excelente qualidade de vida. Para isso, todos os guardas civis municipais envolvidos diretamente neste projeto foram selecionados e serão capacitados para atender essa demanda de forma adequada”, ressaltou Valério.

Na sexta-feira (3), uma reunião, para acertar os detalhes da ação, deverá ser realizada no auditório da 27ª Promotoria da Vara da Infância e Juventude de Campo Grande.

Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions