A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019

18/05/2017 14:03

Homem confessa ter matado jovem a tiros, mas nega participação de comparsa

Adriano Fernandes
José Lucas tinha 20 anos e há cerca de dois anos tinha saído de casa para morar sozinho. (Foto: Reprodução) José Lucas tinha 20 anos e há cerca de dois anos tinha saído de casa para morar sozinho. (Foto: Reprodução)

Adilson Souza Dias de 36 anos, conhecido como “negão”, confessou à polícia ter perseguido e matado, com cerca de quatro tiros, o jovem José Lucas Marques da Silva, 20 anos, na tarde do último dia 8, pela Rua Bento de Souza, na Vila Nova Capital, região das Moreninhas em Campo Grande.

Ele se apresentou à 4ª DP (Delegacia de Polícia) das Moreninhas, na última terça-feira (16), acompanhado de um advogado, mas negou ter contado com a participação de um comparsa, conforme haviam dito familiares da vítima e testemunhas do crime.

“No entanto, nós continuamos buscando elementos que comprovem a participação de um segundo autor para indiciarmos não só o ‘negão’ como o outro rapaz”, comentou o delegado Ivahyr Luiz de Campos, titular da 4ª DP (Delegacia de Polícia) e que é responsável pelo caso.

Como não houve situação de flagrante e por Adilson ter se apresentado à delegacia, ele foi liberado pela polícia. O nome do segundo suspeito de envolvimento no crime também não foi revelado.

Briga – Uma briga de bar, há cerca de três dias antes do crime, teria resultado na morte de José Lucas. Ele teria discutido com os dois supostos autores que após a briga teriam ameaçado o garoto.

“Ele [negão] disse que o negócio ia feder e iria acertar as contas com ele”, disse a mãe do rapaz, Cristiane Aparecida Arce, 38 anos, do dia da morte do filho.

O crime - Na segunda-feira (08) seguinte a briga, os dois homens perseguiam o rapaz, pulando entre os muros de várias residências, até que atiraram em José e fugiram. O rapaz caiu na varanda de uma das casas da Rua Bento de Souza. Ele foi atingido com cerca de quatro tiros, que o atingiram no braço, costas e na lateral do corpo.

Atendimento a José Lucas após ser baleado em uma residência pela Vila Nova Capital. (Foto: Adriano Fernandes)  Atendimento a José Lucas após ser baleado em uma residência pela Vila Nova Capital. (Foto: Adriano Fernandes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions