A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

02/02/2018 06:21

Homem é assassinado a facadas em reduto de usuários de drogas

Crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (2), no cruzamento das ruas Lydia Bais com a 15 de Novembro, no Centro

Viviane Oliveira
Crime aconteceu na praça da Igreja Santo Antônio,
mas a vítima foi encontrada morta na 14 de Julho (Foto: André Bittar) Crime aconteceu na praça da Igreja Santo Antônio, mas a vítima foi encontrada morta na 14 de Julho (Foto: André Bittar)

Em reduto de usuário de drogas, Diogo Henrique da Silva, 26 anos, foi assassinado a golpes de faca, na madrugada desta sexta-feira (2), no cruzamento das ruas Lydia Bais com a 15 de Novembro, no Centro de Campo Grande. A região é bem conhecida pela grande quantidade de dependentes químicos, moradores de rua e flanelinhas circulando na redondeza.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima foi ferida na praça da igreja Santo Antônio, mas tentou fugir e foi encontrada morta na Rua 14 de Julho em frente a uma livraria com ferimentos na região torácica.

Duas facas usadas no crime foram localizadas, uma próximo ao corpo com manchas de sangue. A outra, aparentemente limpa, foi achada na Rua 15 de Novembro em frente à Praça Ary Coelho. Os objetos foram apreendidos para perícia.

Marcas de sangue ficaram em frente à livraria, onde corpo foi encontrado (Foto: André Bittar)Marcas de sangue ficaram em frente à livraria, onde corpo foi encontrado (Foto: André Bittar)

O autor, segundo testemunhas relataram à polícia, é um homem conhecido como Corumbá, que está foragido. Morador de um prédio na região ouviu a vítima chamar por socorro e como tem curso de socorrista, tentou ajudá-la, mas sem sucesso.

O Corpo de Bombeiros também foi acionado, mas nada pôde fazer. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

No mês passado, Davi Cândido de Jesus, 41 anos, foi esfaqueado, na Avenida Calógeras, próximo à conveniência do Alemão. O autor, Anderson Fernandes da Silva, 31 anos, confessou o crime e disse à polícia que a vítima teria estuprado a mulher dele há alguns meses.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions