A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017

20/10/2016 11:22

Homem é autuado por manter cinco cachorros em condições precárias

Viviane Oliveira
Cachorros viviam em meio a montanha de fezes. (Foto: divulgação/Polícia Civil) Cachorros viviam em meio a montanha de fezes. (Foto: divulgação/Polícia Civil)
Os cachorros viviam sem alimentação, água e abrigo. (Foto: divulgação/Polícia Civil) Os cachorros viviam sem alimentação, água e abrigo. (Foto: divulgação/Polícia Civil)

Paulo Roberto Souza Alves Mello, 58 anos, foi autuado em flagrante por crime ambiental, na terça-feira (18), por manter em casa, no Bairro Carandá Bosque I, cinco cachorros em condições precárias.

Conforme a Polícia Civil, Paulo criava os cães sem raça definida que viviam sem alimentação, água, abrigo e conviviam com os próprios dejetos por todo o espaço, em condições insalubres. Os investigadores chegaram até o local após denúncia anônima.

Além do mato alto, o imóvel era lotado de pulgas e carrapatos que se alojavam na extensão dos muros, causando assim a proliferação de animais peçonhentos e doenças.

Paulo foi levado à Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista) e autuado por maus-tratos a animais domésticos e causar poluição que possa resultar em danos à saúde humana. Os cachorros foram resgatados pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions