ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Homem é preso no Monte Castelo 16 anos depois de matar mãe e filha gestante

Crime ocorreu em Camapuã, cidade a 140 quilômetros da Capital

Por Adriano Fernandes | 18/06/2021 23:21
Homem foi encontrado por policiais militares da Capital. (Foto: Divulgação)
Homem foi encontrado por policiais militares da Capital. (Foto: Divulgação)

Ronair Moreira de Souza, de 45 anos, que estava foragido da justiça desde julho de 2005, quando matou mãe e filha em Camapuã, cidade a 140 quilômetros da Capital foi preso, nesta sexta-feira (18) no Bairro Monte Castelo, em Campo Grande.

Uma das vítimas, Maria Madalena Cândida de Oliveira, que à época tinha 21 anos era ex-esposa do assassino e estava grávida de 4 meses, quando foi brutalmente assassinada.

Os policiais da 11ª Companhia Independente de Polícia Militar, chegaram até o suspeito graças a um denunciante anônimo, que revelou onde o criminoso estava.

Maria Madalena e a sua mãe, Renilda Cândida de Oliveira, de 39 anos, foram esfaqueadas no "Bar da Renilda", comércio que pertencia às duas vítimas. Renilda foi encontrada no chão da varanda do bar com ferimentos no tórax, mãos e rosto.

O corpo da filha, gestante de 4 meses, foi encontrado num quarto sobre a cama, também ferida no tórax e mão esquerda. Ele teria matado mãe e filha porque não queria aceitar a separação.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário