ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Homem espanca mulher com facão e diz "se não for minha, não será de ninguém"

Por medo, vítima chegou a mentir em hospital, mas médico desconfiou e acionou a polícia

Por Ana Oshiro | 21/05/2022 16:05
Vítima foi espancada em casa, no Bairro Residencial União, em Campo Grande (Foto: Reprodução/Google Maps)
Vítima foi espancada em casa, no Bairro Residencial União, em Campo Grande (Foto: Reprodução/Google Maps)

Equipes da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e da Polícia Militar fazem buscas na região leste de Campo Grande atrás do homem que espancou a esposa, de 26 anos, com um facão na madrugada deste sábado (21). A vítima chegou a perder parte da calota craniana, que protege os ossos da cabeça.

A mulher foi socorrida para a Santa Casa de Campo Grande por uma amiga, no hospital, com medo do marido, mentiu para os médicos dizendo que havia sido vítima de uma tentativa de assalto. Ela estava com ferimentos na cabeça, braço. coxa e joelho esquerdo.

De acordo com o boletim de ocorrência, ela disse que dois homens a espancaram com um facão para tentar roubar o celular, mas diante da gravidade dos ferimentos, e do fato dela estar com o celular em mãos, os médicos desconfiaram e chamaram a polícia.

Durante conversa com uma policial, a mulher acabou confessando que estava com medo e que havia sido espancada pelo marido. Conforme o depoimento, as agressões começaram depois que pediu separação no quintal de casa, o homem não aceitou e pegou o facão.

"Se não for minha não será de mais ninguém", disse ele, de acordo com a história da vítima. Segundo a mulher, ela tenta se separar do marido há três meses, mas permanece na relação por medo de perder a guarda das filhas de 2, 4 e 9 anos.

A vítima permanece internada na Santa Casa de Campo Grande e ainda neste sábado deve ser reavaliada pela equipe do plantão hospital. A polícia segue as buscas pelo agressor.

Nos siga no Google Notícias