ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Homem morre após ser atingido por 14 tiros

Heber da Silva Arruda foi socorrido por dois rapazes, mas morreu antes de chegar no atendimento

Ana Paula Chuva | 03/09/2022 07:06
Viatura da Polícia Civil em frente à Delegacia de Pronto Atendimento, onde caso foi registrado. (Foto: Paulo Francis)
Viatura da Polícia Civil em frente à Delegacia de Pronto Atendimento, onde caso foi registrado. (Foto: Paulo Francis)

Heber da Silva Arruda, 35 anos, morreu após ser atingido por 14 disparos na madrugada deste sábado (3), na Rua Domingos Aparecido Bissoli, Vila Popular, em Campo Grande. A vítima chegou a ser socorrida, mas acabou não resistindo.

Conforme o boletim de ocorrências, a PM (Polícia Militar) foi acionada por moradores que informaram terem ouvido diversos disparos de arma de fogo e ao saírem encontraram o rapaz já caído ao solo.

Quando os policiais chegaram para atender uma ocorrência, uma viatura já no local e foram informados que a vítima havia sido socorrida por dois rapazes em um veículo UP cor prata para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Mônica.

A equipe foi até a unidade de saúde onde foram informados que Heber teria sido atingido por ao menos 14 tiros, mas chegou já morto na UPA, acompanhado de dois homens.

Aos policiais os acompanhantes de Heber, afirmaram não estarem no local no momento do crime, mas que foram até lá ao saberem do ocorrido e que desconfiavam que o autor do crime seria um rapaz conhecido como Formigão.

Equipes da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) Centro, GOI (Grupo de Operações e Investigações) e da Perícia Técnica estiveram no local do crime e recolheram estojos de munições deflagradas e projéteis. Também foi apreendido o celular de Heber. O caso foi registrado como homicídio qualificado.

Nos siga no Google Notícias