A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

05/12/2014 08:32

Homem persegue mulher, invade casa, foge e depois rende idoso para roubar TV

Renan Nucci
TV roubada pelo autor foi recuperada pelo 10º Batalhão de Polícia Militar. (Foto: Renan Nucci)TV roubada pelo autor foi recuperada pelo 10º Batalhão de Polícia Militar. (Foto: Renan Nucci)
Vigia mostra celular roubado pelo autor durante a ação desta madrugada. (Foto: Renan Nucci)Vigia mostra celular roubado pelo autor durante a ação desta madrugada. (Foto: Renan Nucci)

O auxiliar de serviços gerais Marlon Oliveira da Silva, 24 anos, foi preso nesta madrugada pelo 10° Batalhão de Polícia Militar de Campo Grande após seguir uma mulher, invadir a casa onde ela estava com o namorado, fugir do local e roubar uma televisão de 42 polegadas no mostruário de uma construtora de imóveis que fica na Avenida Guaicurus, próximo ao Museu José Antônio Pereira.

Marlon vai responder por violação de domicílio e roubo seguido de cárcere privado. O caso começou por volta das 2h30, quando ele encontrou com uma recepcionista de hotel de 21 anos que havia acabado de sair do trabalho.

A mulher disse que passou em um bar para se encontrar com uma amiga e que em seguida deixou o local em direção à residência do namorado, quando notou que estava sendo perseguida por Marlon. “Ele se aproximou e disse que eu era bonita e que queria ficar comigo. Com medo, eu apertei o passo”, relatou.

A recepcionista imaginou que o rapaz houvesse desistido da investida, e chegou mais calma à chácara onde o namorado mora, nas imediações do Jardim Campo Nobra. Ela relata que tomou banho, entrou no quarto e teve uma grande surpresa. “Eu deitei na cama e ouvi meu namorado dizendo que alguém na janela, quando virei pra ver, era ele (Marlon)”, disse.

Marlon provocou o casal mandando beijos, e utilizou o registro de um botijão de gás que estava do lado de fora da casa para arrombar uma janela de vidro. Ele também tentou murchar o pneu do carro que estava no quintal. “Eu atirei uma pedra nele, ele revidou e foi embora nos ameaçnado”, disse o comerciante de 41 anos, namorado da recepcionista.

Após deixar a chácara, o autor foi até um estande de uma construtora de imóveis que fica na Avenida Guaicurus, onde surpreendeu o vigia de 69 anos. Ele utilizou o mesmo registro de gás para atacar a vítima que nada pôde fazer. O idoso foi trancado dentro do escritório e o acusado fugiu levando o celular dele, as chaves da empresa e uma TV de 42 polegadas. A PM foi acionada e o flagrou transitando com o aparelho na região. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions