A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

31/05/2016 20:34

Homem que matou mulher por não aceitar separação será julgado nesta quarta

Nyelder Rodrigues

O caminhoneiro Ney Calisto Ribeiro, 41 anos, será julgado nesta quarta-feira (1) pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande sob acusação de ter matado, em 2013, sua ex-esposa Sirlei Machado Ferreira.

O crime aconteceu no dia 25 de maio, na rua Jabuti, Jardim Canguru - região sul da Capital. Ney atirou com uma arma de fogo contra a mulher, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ele foi pronunciado por homicídio qualificado por motivo torpo com recurso que dificultou a defesa da vítima, além de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. O julgamento ocorrerá às 8h.

Ney matou Sirlei pois não aceitou a separação, já que eles mantinham relacionamento há quase 10 anos. Conforme o Ministério Público, como efetuou o disparo de forma repentina, quando ela se aproximava do réu com o intuito de conversar, Ney dificultou a defesa da vítima.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions