ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 10º

Capital

Homem que morreu eletrocutado já havia sofrido duas tentativas de homicídio

Ele estava sem documentos e foi identificado pela mãe, na tarde de ontem (dia 15) no Imol

Por Viviane Oliveira | 16/03/2021 09:58
Caixa de força que Paulo, segundo a polícia, tentava furtar quando morreu (Foto: Henrique Kawaminami) 
Caixa de força que Paulo, segundo a polícia, tentava furtar quando morreu (Foto: Henrique Kawaminami)

Foi identificado como Paulo Dias Santos, 34 anos, o homem que morreu eletrocutado na noite de domingo (dia 14), quando tentava furtar fios da caixa central de distribuição de energia do Parque Ayrton Senna, no Conjunto Aero Rancho, em Campo Grande.

Ele estava sem documentos e foi identificado pela mãe, na tarde de ontem (dia 15) no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). O corpo será sepultado nesta terça-feira no cemitério Memorial Park Ltda. Segundo a Polícia Civil, Paulo tinha várias passagens pela polícia por violência doméstica, furto, roubo e lesão corporal tanto em Bonito quanto na Capital. Ele também já havia sido preso e aparece no registro da polícia como vítima de duas tentativas de homicídio entre 2005 e 2019.

Caso - Paulo foi encontrado dentro da caixa de força, com uma queimadura grande na parte interna da coxa esquerda. Ele levou o choque ao tentar arrancar os fios da caixa, que fica embutida no chão. O parque sofreu um apagão. O guarda municipal que realiza a segurança do local presenciou o momento que as luzes desligaram e foi verificar o que havia acontecido e acabou encontrando o homem já sem vida.

A energia no local foi restabelecida momentos após a tentativa de furto, o apagão não afetou o início da vacinação contra a covid-19, que começou às 7h30.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário