A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

24/12/2016 11:53

Hospital do Pênfigo fecha pronto-socorro e pega pacientes de surpresa

Instituição passa por reestruturação e quer ampliar atendimentos pelo SUS, segundo assessoria de imprensa

Anahi Zurutuza
Fachada da matriz, localizada na avenida Gunter Hans (Foto: Fernando Antunes)Fachada da matriz, localizada na avenida Gunter Hans (Foto: Fernando Antunes)

O Hospital Adventista do Pênfigo fechou o pronto-socorro da unidade matriz, localizada na saída para Sidrolândia, na região sul de Campo Grande – a mais populosa da cidade. A interrupção no atendimento pegou pacientes de surpresa, embora no início de outubro, na página da instituição na internet, um aviso tenha sido publicado sobre a mudança que foi feita no dia 31 daquele mês.

Na unidade do Centro, há apenas o plantão da Ortopedia. Todos os outros atendimentos – a Oncologia, cirurgias, internações, exames – têm de ser previamente agendados.

A intenção da direção do hospital é ampliar o atendimento pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e, por isso, segundo a assessoria de imprensa, a instituição está passando por um processo de reestruturação.

O problema é que pacientes continuam contanto com o atendimento de urgência e emergência na matriz. Foi o que aconteceu com uma funcionária pública, de 31 anos, que procurou o hospital anteontem (22). Ela relata que como tem o plano de saúde do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande), sempre recorria ao hospital, que até junho fazia atendimentos somente por tabela social, convênios ou particular.

“Estava com sintomas de infecção urinária, mas cheguei lá à noite estava tudo fechado. O pessoal da portaria me informou que estava fechado desde 1º de novembro. Fiquei surpresa e é uma pena, porque muita gente ia ali quando precisava”, contou a entrevistada, que mora na Coophavilla 2.

Reestruturação – Na unidade da saída para Sidrolândia, estão mantidos atendimentos ambulatoriais (pré-agendados), de dermatologia e o Centro de Vida Saudável, uma espécie de SPA.

Todas as outras especialidades são atendidas no Centro, “até que se conclua todo o processo de reestruturação do novo contrato com o SUS, por meio do novo plano de trabalho aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde”, informou a assessoria de imprensa por nota.

Ainda conforme o hospital, a ideia é que a matriz funcione como um hospital vinculado à central de regulação, que recebe pacientes para internações, cirurgias e outros atendimentos enviados pelo município, quando por exemplo não há vagas em outras unidades.

Desde junho, o Pênfigo está conveniado ao SUS, mas a intenção é ampliar o convênio, tanto é que o projeto já foi apresentado ao futuro secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela.

A assessoria de imprensa não informou quantas pessoas eram atendidas no pronto-socorro da matriz antes do fechamento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions