A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/10/2013 17:00

IBGE deve divulgar índice de desemprego no final do ano e com pesquisa detalhada

Mariana Lopes
Wasmália e o novo chefe de unidade do IBGE de MS, Mario Frazeto (Foto: Simão Nogueira)Wasmália e o novo chefe de unidade do IBGE de MS, Mario Frazeto (Foto: Simão Nogueira)

O índice de desemprego de Mato Grosso do Sul deve ser divulgado até o final deste ano e contendo informações detalhadas sobre o mercado de trabalho do Estado e de Campo Grande, segundo a presidente nacional do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Wasmália Bivar.

O que antes era feito somente nos grandes polos do Brasil, agora será realizado em todos os estados do País, porém, com o resultado de uma pesquisa mais aprofundada e com mais informações. O objetivo, segundo Wasmália, é de que o índice seja atualizado a cada três meses, a partir de 2014.

Na pesquisa, terá dados sobre as áreas em expansão na região, número de trabalhadores por serviço, atividade mais rentável, entre outros pontos que definirão o perfil do mercado de trabalho de cada estado.

“Esse estudo será importante para avaliar a estrutura das empresas, para o empregador visualizar o perfil do trabalhador, e até para a classe assalariada poder se organizar e reivindicar seus direitos”, explicou Wasmália.

Mato Grosso do Sul deve ter o resultado divulgado na primeira demanda de estados, pois, de acordo com a presidente do IBGE, as pesquisas daqui estão bem encaminhadas e em dia com o cronograma.

Contudo, Wasmália enfatizou que o Estado se destaca pela agropecuária, mas que cresce muito no setor da indústria e tem potência para ser um polo de prestação de serviço.

“É um estado novo, com baixa densidade populacional, mas que tem se estruturado, e a capital está cada vez mais moderna e ativa”, comentou Wasmália.

Outra novidade que a presidente do IBGE destacou é a pesquisa inédita que está sendo realizada no campo da saúde, com foco em doenças crônicas. “Vamos coletar sangue, aferir pressão, medir índice de gordura, tudo para conhecer melhor a saúde da população”, explicou Wasmália.

Segundo ela, a pesquisa está em andamento e a previsão para divulgar o resultado é no primeiro trimestre do ano que vem. 

A nova contagem do senso demográfico de Mato Grosso do Sul e Campo Grande deve começar a ser feita em meados de 2015 para ser divulgado o resultado no final do ano. “E será mais detalhada, não terá apenas informações de número da população, idade e sexo, vai ter muito mais conteúdo”, justifica Wesmália.

A presidente do IBGE esteve em Campo Grande nesta terça-feira (15), para a posse do novo chefe de unidade da Capital, Mário Alexandre Frazeto. Ele entrou no lugar da Carmelita Estavam de Souza, que ficou 12 anos na chefia do órgão e deve se aposentar até 2014.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions