A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/04/2015 13:05

Identidade de mulher encontrada morta ensanguentada intriga polícia

Aline dos Santos e Ricardo Campos Jr.
Polícia e perícia foram ao local, mas vítima segue sem identificação. (Foto: Marcos Ermínio)Polícia e perícia foram ao local, mas vítima segue sem identificação. (Foto: Marcos Ermínio)

A mulher encontrada morta neste sábado no Jardim Bálsamo, em Campo Grande, será identificada por meio de exames. A perícia foi ao local, uma casa na avenida Marajoara, mas não foi possível saber quem é a pessoa morta.

O local é alugado por uma mulher loira e de olhos claros, mas, a vítima, que está no sofá, na sala do imóvel, tem cabelo escuro e piercing no nariz. A identificação visual é dificultada porque o corpo tem um ferimento no queixo e a face foi tomada por sangue. A mulher morta também apresentava ferimento na barriga. 

Na casa, foi encontrada uma carteira de trabalho da locatária, mas mesmo olhando a foto e comparando com o cadáver, vizinhos e policiais não conseguiram dizer se é a mesma pessoa. Foi tentado contato por meio do celular da inquilina, porém o telefone está desligado.

Aos policiais, vizinhos relataram que ouviram barulho no imóvel ontem à noite, mas era comum ouvir gente brigando. No interior da casa, foi encontrado muito sangue, com marcas de palma de mão na parede. Também há sangue na rua. Os imóveis do residencial, na avenida Marajoara, são separados por muros altos e cada casa tem um portão.

Por volta das 8h de hoje, um vizinho saiu para fazer compras e viu sangue na porta do imóvel. Ele ligou para dona do residencial, que entrou no quintal e avistou a mulher ensanguentada em cima do sofá.

Em seguida, os bombeiros foram acionados, mas a vítima já estava morta. Conforme os vizinhos, três pessoas eram vista com frequência no imóvel: a inquilina, uma moça e um homem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions