A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/07/2013 08:08

Idosa arranca árvore, bate em placa e invade banca de jornal com carro

Jéssica Benitez e Mariana Lopes
Carro invadiu banca de jornal localizada em frente ao Bradesco da 13 de Maio (Foto: Cleber Gellio)Carro invadiu banca de jornal localizada em frente ao Bradesco da 13 de Maio (Foto: Cleber Gellio)
Antes de colidir com a banca, condutora derrubou uma árvore de pequeno porte (Foto: Cleber Gellio)Antes de colidir com a banca, condutora derrubou uma árvore de pequeno porte (Foto: Cleber Gellio)

Uma mulher de 62 anos conduzia um Celta na Avenida Marechal Rondon quando bateu em uma árvore de pequeno porte, em seguida colidiu com placa de trânsito e acabou invadindo uma banda de jornal no cruzamento com a 13 de Maio, em frente ao banco Bradesco, em Campo Grande.

O acidente ocorreu por volta das 5h da manhã deste domingo. A condutora, que não sofreu ferimentos, não quis falar com a imprensa e aparentava estar bastante nervosa. Policiais da Ciptran (Polícia Militar de Trânsito) trabalham com duas hipóteses: a senhora ter dormido enquanto dirigia ou ter passado mal de forma repentina.

O dono do comércio, Lauro Augusto Tamanaka, foi acionado pelo alarme de segurança. Ele está no local há mais de três anos. “Nunca havia ocorrido nada deste tipo aqui, mas a senhora disse que irá arcar com tudo”, contou ainda sem saber o valor do prejuízo.

Versão – Segundo testemunha, havia um casal dentro do carro na hora da batida e não era a idosa quem conduzia o carro e sim um homem que foi embora do local, acompanhado pela mulher, após bater na banca.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba segue sendo realizada
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Com inspiração japonesa, luzes vão iluminar compras no Centro
Iluminação especial passa a ser adotada, nesta quarta-feira (13), na região central de Campo Grande. Dezesseis estruturas de alumínio, com lâmpadas d...


Agorá é assim -- são "tantas as facilidades" para o idosos que tem gente jovem e forte, que bebe todas e dirige e daí é só colocar a conta no nome da avó!
Esta sendo assim nas filas de supermercado, de banco, estacionamento e tudo mais... uma coisa que deveria facilitar a vida das pessoas está causando transtorno porque infelizmente os brasileiro em geral não sabe usar os benefícios que consegue e tudo sempre se resolve com o tal jeitinho, que na verdade é nome bonito pra falta de caráter.
 
Magda Correa em 15/07/2013 11:24:45
Nossa! Tudo isso se chama preconceito, agora só porque é uma idosa que estava dirigindo todo mundo vai cair matando em cima da coitada, isso pode acontecer com qualquer um de nós, ninguém aqui está livre de um acidente desses, e não é porque ela estava dirigindo as 5 da manha que elá é baileira e estava bêbada, e depois, o policial não precisa fazer o teste do bafômetro pra constatar que ela está bêbada, se ela apresenta sinais de embriagues já é o suficiente, se o policial não falou nada, então nada tem que se falar!
 
Gabriel Lauro em 15/07/2013 07:28:07
Pra começo de conversa, 62 anos há muito tempo deixou de ser idosa, nos dias de hoje, pra ser considerado idosa mesmo deveria ter no mínimo 90... com certeza alguma coisa houve de errado e não é a pessoa " idosa" sozinha que vai responder....
 
Elena Mendonça em 14/07/2013 15:57:47
Fácil de resolver esse mistério do casal que foi embora. O banco Bradesco tem câmaras de vigilância no local. Basta as autoridades querer solucionar o acidente, solicitando as imagens ao banco. Se a senhora estiver faltando com a verdade, as imagens mostrarão outro alguém saindo do carro após o acidente. Todavia se for conveniente que essa pessoa misteriosa não seja identificada, basta acreditar cegamente na história da senhora idosa que dirigia sozinha em plena madrugada de domingo. Falei e disse.
 
José Rodrigues em 14/07/2013 12:52:03
Bom parece que as pessoas que comentaram não leram a matéria até o final, pois as testemunhas disseram que não era a idosa que estava dirigindo e sim um homem que fugiu do local junto com uma mulher, esse sim deveria sem capturado e fazer o teste de bafômetro.
 
Silvio Sousa em 14/07/2013 12:06:11
acabou com tudo
 
bruna aparecida em 14/07/2013 11:57:49
Pois é... Só porque é idosa só pode ter dormido???? Ou passado mal?????? Cadê a igualdade???? Se for provado que tinha mais pessoas ela deve ser presa, pois poderia ter machucado alguém.....
 
Lenita Santos em 14/07/2013 11:38:46
Idosa é minha tia de 84 anos e que dirige o fusquinha dela na maior tranquilidade, só sai pra comprar remédio. Essa ai deve ser "coroa baileira" voltando da balada.
 
hélade dorneles em 14/07/2013 11:32:00
Fizeram o teste do bafômetro? Ué? Porque não? Perante a lei somos todos iguais. Será que a idosa não tem filhos, netos? Poderiam ter morrido inocentes. Ela disse quem era o casal que a abandonou?
 
samuel gomes-campo grande em 14/07/2013 11:19:48
Simples...ela deve ter ido apanhar o casal na boate, porém na volta,.... talvez quem estivesse ao volante tenha cochilado uai.....
 
geraldo cançado em 14/07/2013 09:05:16
O que uma senhora de 62 anos estaria fazendo em pleno domingo, às 5hs da manhã dirigindo.
Muito estranho toda essa situação!

DIREÇÃO DEFENSIVA SEMPRE!!!
 
Luciano Silgueiro em 14/07/2013 08:23:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions