A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/04/2012 08:15

Idosa volta morar na “casa rosa”, conhecida por abrigar bandidos

Viviane Oliveira

Há 2 meses ela havia ido morar com a sobrinha, após a Polícia prender oito ‘inquilinos’

Sentada em uma cadeira de fio na varanda da casa, Dona Maria parece não se incomodar com os 'inquilinos'. (Fotos: Simão Nogueira)Sentada em uma cadeira de fio na varanda da casa, Dona Maria parece não se incomodar com os 'inquilinos'. (Fotos: Simão Nogueira)

A idosa Maria Serilha Gomes, de 86 anos, voltou a morar na “casa rosa”- ponto antigo de venda de drogas e esconderijo de bandidos - na rua Vasconcelos Fernandes, próximo ao prédio onde durante décadas funcionou a rodoviária de Campo Grande.

Dona Maria havia ido morar com a sobrinha no começo de fevereiro, depois que a Polícia Civil prendeu oito pessoas que eram ‘inquilinos’. Eles usavam a casa como ponto de distriubição de drogas.

Sentada em uma cadeira de fio na varanda, a avó, como é chamada pelos ‘moradores’, disse que voltou porque é lá que se sente feliz.

Com dificuldade para ouvir e com idade bastante avançada, Dona Maria conta que continua alugando as peças da residência, mas que primeiro questiona se a pessoa está com coisa errada. “Se tiver com droga aqui não entra”, diz.

Um homem de 38 anos, que mora na casa com a esposa desde o ano passado, afirma que aglomeração no local acabou. “Nós somos usuários de drogas, mas cuidamos da vózinha com muito amor e carinho, tanto que ela prefere ficar aqui com a gente”, destaca, reclamando que enquanto Dona Maria estava fora a água foi cortada.

Segundo a idosa, ela mora no local há 50 anos. Desde 2002 parou de pagar aluguel e mora de graça no imóvel graças a um contrato de comodato firmado com o dono.

O cenário de abandono é visível já do lado de fora da casa. Com o muro e as paredes na cor rosa, fora algumas pichações e remendos, a primeira impressão é de que ninguém mora ali.

Os donos da casa, família do pecuarista Antônio Moraes, querem demolir o imóvel e aguarda autorização da prefeitura desde fevereiro deste ano.

Questionada se a autorização já foi liberada, a assessoria de imprensa da Prefeitura informou que já foi estipulada uma data, mas não vai se pronunciar porque o imóvel é particular.

Na casa rosa o cenário, tanto na parte de dentro como fora, é de completo abandono. Na casa rosa o cenário, tanto na parte de dentro como fora, é de completo abandono.
Casa serve de moradia para usuários de drogas e esconderijo para ladrão. Casa serve de moradia para usuários de drogas e esconderijo para ladrão.

Problema antigo - Os vizinhos do imóvel reclamam da insegurança que vivem na região. Eles relatam que enquanto a casa não for demolida, o lugar não vai deixar de ser frequentado por bandidos e usuários de drogas.

Um comerciante de 55 anos, que não quis ser identificado, relata que tem uma loja de móveis usados na região há 18 anos e que vive com medo. “Depois das 18 horas tem que fechar o estabelecimento. Já coloquei grade na minha loja, porque esses dias tentaram arrombar aqui”, reclama.

Com medo de falar, outro vizinho que também tem comércio, afirma que o problema é visível. “Cada um fica no seu canto e nós vamos vivendo assim. Aqui na região todo mundo sabe que ali só tem bandido, usuário de entorpecentes e que o local é ponto de distribuição de droga”, reclama.

Presos - No dia 8 de fevereiro deste ano, cinco homens e três mulheres foram presos na “casa rosa” pela Polícia Civil. De acordo com o delegado responsável pela investigação, Wellington de Oliveira, várias reclamações e denúncias sobre o local já tinham sido feitas para a Polícia.

Televisão, rádio, aspirador, DVDs e outros diversos objetos foram apreendidos no local. Segundo o delegado, as mercadorias são produto de furto ou receptação. Um “gato” de energia também foi encontrado na residência.



Esta senhora acostumou com estas pessoas, usuarios, e prefere nao sei por qual motivo ficar neste lugar imundo ao contrario de ficar com a sobrinha.
Estes lugares deixam a regiao da rodoviaria com aspecto de lugar perigoso, uma pena.
 
daniel bueno em 19/04/2012 12:31:00
As pessoas tem o direito de viver onde quiser a escolha e pessoal desde que não venha a prejudicar ninguém! Morar em um lugar lindo não significa felicidade. Temos escolhas pessoais.
 
jocelino maropo em 19/04/2012 04:00:04
Gente que absurdo, uma senhora de 86 anos sózinha morando junto c/ estranhos e usuarios de drogas . Meu Deus cade a familia dessa idosa??? E os direitos humanos onde fica????....
 
Analice Moura Silveira em 19/04/2012 01:48:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions