ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  21    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Idosa de 86 anos vai morar com sobrinha e "Casa Rosa" será demolida

Por Paula Vitorino | 13/02/2012 16:35

Local onde 8 foram presos na semana passada é conhecido por ser abrigo de bandido e usuários de drogas

Casa Rosa. (Fotos: Paula Vitorino)
Casa Rosa. (Fotos: Paula Vitorino)
Varanda da casa, agora sem a fiel moradora.
Varanda da casa, agora sem a fiel moradora.

Ponto antigo de venda de drogas e esconderijo de bandidos, a "Casa Rosa" – localizada aos arredores da antiga rodoviária - finalmente parece ter um desfecho certo. A fiel moradora do local, Dona Maria, de 86 anos, mudou da casa e o prédio deve ser demolido, segundo os proprietários.

A vovó da "Casa Rosa" foi retirada do local na sexta-feira (10), após visita de assistente social da Prefeitura, com o apoio da Polícia Militar. Dona Maria está morando na casa de uma sobrinha.

A reportagem do Campo Grande News não conseguiu contato com a sobrinha, mas as informações repassadas pela Prefeitura e pelos “inquilinos” da casa são de que ela ficará sob os cuidados da família e não deve ir para asilo.

A casa é de propriedade da família do pecuarista Antônio Moraes, que informou que a casa deve ser demolida, mas para isso aguarda autorização da Prefeitura, necessária nesses casos.

Segundo informado pelos proprietários, a idosa vivia no local desde 1982. Desde 2002, ela parou de pagar aluguel e morava ali graças a um contrato de comodato firmado com o dono.

Casa Rosa - Hoje pela manhã o entra e sai de pessoas na Casa Rosa acontecia normalmente. Um dos “inquilinos” mais antigos do local, conhecido como Gaúcho, de 54 anos, acredita que “o melhor aconteceu”.

Apesar de saber que os dias de morada no local estão contados, ele afirma que para a “avó” foi melhor ir morar com a família.

“Ela já estava muito velha e lá vai ser mais bem cuidada. Se ela piorasse aqui ia ser difícil pra cuidar, só tem praticamente homens morando e dar banho, por exemplo, ficaria complicado”, diz.

Ele ainda afirma que vai trabalhar em uma fazenda e que a demolição da casa já estava prevista, mas só não aconteceu antes “porque ela – Dona Maria – tava aqui”.

Segundos os moradores, a família da idosa esteve hoje no local para fazer a mudança dos pertences. Na varanda onde a reportagem encontrou Dona Maria sentada, sobraram apenas alguns móveis velhos, a cadeira de balanço, os gatos e cachorros, que também encontraram na Casa Rosa seu abrigo.

Na quinta-feira (9), oito pessoas foram presas na Casa Rosa durante abordagem da Polícia Civil. O local é constantemente alvo de denúncias sobre tráfico de drogas, furto e receptação.

Segundo investigação da Polícia, os autores foram se acomodando na Casa, que ao longo dos anos virou ponto de parada conhecido de bandidos e usuários de drogas. De acordo com o delegado Wellington de Oliveira, não é possível afirma se a idosa era conivente com os crimes ou uma “alma bondosa”, já que não tinha condições psicológicas para isso.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário