A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/03/2016 13:54

Idoso tem parada cardíaca ao ser picado por abelhas no Jardim Anache

Crianças de oito anos também foram atingidas por enxame

Thiago de Souza e Bianca Bianchi
Corpo de Bombeiros exterminou enxame de abelhas que atacou moradores. (Foto: Alan Nantes)Corpo de Bombeiros exterminou enxame de abelhas que atacou moradores. (Foto: Alan Nantes)
Ataque de abelhas provocou pânico em moradoresAtaque de abelhas provocou pânico em moradores

Idoso teve um parada cardíaca e ficou gravemente ferido após ser picado por abelhas, na tarde de hoje (9), em uma residência, na Rua dos Meninos, no Jardim Anache, em Campo Grande. Além dele, outras cinco pessoas, sendo duas crianças, também foram atingidas pelos insetos. Um cachorro que estava próximo morreu devido a ferroada das abelhas.

O idoso foi limpar o terreno nos fundos da residência, acompanhado dos bisnetos gêmeos, de oito anos. Um dos garotos pegou um pau e cutucou a casa das abelhas, que estava próximo a caixa d'agua. Em seguida, os insetos se espalharam e atacaram as pessoas que estam próximas ao quintal.

O idoso recebeu várias picadas na cabeça, e teve parada cardíaca, segundo o comandante do Grupo de Socorro do Corpo de Bomberiros, tenente Nascimento, que atendeu essa ocorrência.

Eva da Conceição de Barros, 31, o irmão dela, Marcos Barros, ambos netos do idoso, e os dois meninos também receberam várias picadas pelo corpo, mas sem gravidade.

Os militares do Corpo de Bombeiros exterminaram o enxame, e disseram que vão voltar no período noturno, momento em que os insetos costumam ficar aninhados, para ter certeza que de as abelhas foram mortas. O local para onde as vítimas atendidas foram levadas não foi divulgado.

Enquanto os militares faziam o extermínio do enxame, moradores vizinhos foram orientados a entrar em casa e fechar os cômodos para que, caso alguma abelha fugisse, não provocassem mais transtornos. Moradores próximos tiveram que fazer fogueira para espantar as abelhas de susas residencias.

Adão de Souza Benevides, 63, aposentado, mora na casa dos fundos onde tudo aconteceu e também foi picado. “Ouvi uma gritaria muito grande de crianças, e quando saí vi muitas abelhas, e acabei sendo picado”. O idoso mora ali há 26 anos e disse nunca ter visto algo semelhante. Ele e a família fizeram fogueiras para espantar os insetos com medo de que uma criança de 1 ano fosse atingida pelos insetos.

Cachorro foi atacado pelas abelhas dentro da casinha e morreu. (Foto: Alan Nantes)Cachorro foi atacado pelas abelhas dentro da casinha e morreu. (Foto: Alan Nantes)
Adão Benevides teve de acender fogueira para espantar abelhas. (Foto: Alan Nantes)Adão Benevides teve de acender fogueira para espantar abelhas. (Foto: Alan Nantes)
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions