A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/05/2013 20:53

Incêndio causa pânico entre consumidores e funcionários no Centro

Nyelder Rodrigues e Viviane Oliveira
Fogo chamou a atenção e assustou quem passava pelo local (Foto: Vanderlei Aparecido)Fogo chamou a atenção e assustou quem passava pelo local (Foto: Vanderlei Aparecido)

Quem estava na loja Planeta Real, ou próximo dela, vivenciou momentos de pânico nesta tarde de terça-feira (7) durante o grande incêndio que atingiu o local, que fica na avenida Afonso Pena, entre a Calógeras e a 14 de Julho.

O desespero e correria das pessoas foram vistos de perto por uma funcionária da loja, que não pode se identificar porque a ordem dado pela chefia para os funcionários é a de que eles não comentassem o caso com ninguém.

Segundo a funcionária, tudo aconteceu muito rápido no prédio, e logo o gerente da Planeta pediu para clientes e empregados saírem de lá. “Tinha bastante gente, e todo mundo começou a correr. Olhei para a rua e vi um monte de gente desesperada”, contou a funcionária, que afirmou ainda estar assustada, já que nunca imaginou que isso fosse acontecer no ambiente de trabalho.

Outra que ficou assustada foi Andresa Bento, de 30 anos, e que é sócia de uma empresa de crédito que funciona no prédio ao lado da Planeta Real. Ela afirmou que primeiro a internet caiu, achando que fosse um problema corriqueiro, só percebendo a gravidade da situação após as pessoas do lado de fora bateram no vidro, falando para eles saírem de lá.

“Alguns vidros daqui estouraram e muita gente saiu sem pegar pertences. Tinha muita fumaça e as labaredas estavam muito altas”, explica Andresa, ao contar a mãe dela ficou muito nervosa durante ao descobrir o incêndio, e que ai tentar tirar os carros do estacionamento, não conseguia sair do lugar, em pânico.

Além disso, Andresa disse que o primo e um vendedor de sorvetes tentaram ajudar com um extintor, mas o forte fogo estava incontrolável, na parte dos fundos da loja Planeta Real, e eles não seguiram até lá para não inalar a fumaça. Ela também diz que esse não é o primeiro incidente no local, já que a loja teve um princípio de incêndio a dois anos e também um desabamento de teto por causa das chuvas.

Já Ivonilson Fonseca de Oliveira, de 41 anos, que trabalha na loja Magazine Luiza que faz divisa com os fundos da Planeta Real, diz que só percebeu o fogo quando as pessoas na rua começaram a parar e olhar para as chamas. Em seguida o gerente pediu para que saíssem dali, começou uma gritaria na rua.

“Na hora a gente pensa bobeira. Quando você começa a ver o fogo e as pessoas desesperadas, não vem outra coisa na cabeça a não ser uma tragédia”, comenta Ivonilson, que acredita que o incêndio começou no fundo da Planeta Real. Ele também relatou que, como ventava muito e as labaredas eram muito altas, ficou preocupado com as lojas vizinhas, que podiam ser atingidas.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba pode ser feita até o dia 29
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Com inspiração japonesa, luzes vão iluminar compras no Centro
Iluminação especial passa a ser adotada, nesta quarta-feira (13), na região central de Campo Grande. Dezesseis estruturas de alumínio, com lâmpadas d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions