ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SEXTA  16    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Incerteza no calendário faz fila começar 2h antes de abertura de drives noturnos

Prefeitura abriu novo grupo e drive noturno para vacinação contra covid nesta quinta-feira

Por Ana Paula Chuva e Jhefferson Gamarra | 08/04/2021 17:20
Fila de carros começou a se formar às 15h no Albano Franco. (Foto: Paulo Francis)
Fila de carros começou a se formar às 15h no Albano Franco. (Foto: Paulo Francis)

Com a incerteza de quando e se haverá doses suficientes para novos grupos prioritários, assim que a prefeitura muda o calendário, começa a correria pela imunização contra a covid-19.

Nesta quinta-feira (8) a abertura para idosos de 61 anos fez centenas de pessoas chegarem mais de 2 horas antes da abertura dos drive-thrus noturnos. São filas quilométricas, tanto no Albano Franco, quanto no Parque Ayrton Senna.

Desde o início da campanha, como são poucas as doses, o município só informa qual a idade receberá a vacina horas antes de começar o processo. Nesta quinta, por exemplo, a informação sobre os 61 anos só foi confirmada no início da tarde, com abertura dos portões às 17h.

Para diminuir as filas, hoje o trabalho é também noturno, até às 22h, para imunização dos idosos de 61 anos nascidos entre janeiro e julho.

Maria Divina foi a primeira a chegar e levou um crochê para se distrair. (Foto: Paulo Francis)
Maria Divina foi a primeira a chegar e levou um crochê para se distrair. (Foto: Paulo Francis)

No Centro de Convenções Albano Franco, localizado na Avenida Mato Grosso, por exemplo, a fila começou a se formar às 15h e uma hora já ultrapassava os 200 carros nesta quinta. Isso é o resultado da incerteza no calendário, já que a prefeitura de Campo Grande ainda não sabe como ficará a vacinação nesta sexta-feira (9).

A primeira a chegar na fila foi a Maria Divina Moehlecke, ansiosa para tomar a dose, ela levou até um bordado para passar o tempo enquanto esperava.

“Eu fiquei sabendo através de uma amiga. Estou esperançosa para que todos tomem, tem gente que não quer tomar, mas a única coisa de concreto que a gente tem é a vacina. Eu não via a hora de conseguir a dose”, disse Divina.

Também desde às 15h na fila, Manoel Vicente, foi o sétimo a chegar e logo em seguida viu a fila aumentar rapidamente. Acompanhando as noticias diariamente, aproveitou a oportunidade e correu para não perder a dose.

Manoel Vicente correu para a fila assim que soube da vacinação. (Foto: Paulo Francis)
Manoel Vicente correu para a fila assim que soube da vacinação. (Foto: Paulo Francis)

“Cheguei cedo para garantir. Estava na expectativa. Fiquei sabendo por um amigo e vim correndo. A única forma da gente sair dessa é a vacina. Vou tomar a primeira dose e continuar me cuidando até a chegada da segunda”, declarou Manoel.

Uma hora depois, foi a vez de Zenaide Andrade, chegar na fila. Ao Campo Grande News, ela contou que viu o anúncio e não pensou duas vezes para garantir a imunização.

“Essa é a única fila que a gente espera feliz. Eu tô aqui muito feliz. Vim correndo com medo de acabar e ficar sem. Quanto antes melhor”, contou Zenaide.

No local equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e da GCM (Guarda Civil Metropolitana) fazem o controle do trânsito e a fila de carros chegou a fazer a cursa na Avenida Hiroshima.

Fila tinha mais de 200 carros e chegou na Avenida Hiroshima. (Foto: Paulo Francis)
Fila tinha mais de 200 carros e chegou na Avenida Hiroshima. (Foto: Paulo Francis)

No drive-thru do Parque Ayrton Senna, a fila também superou dias normais. Por volta das 16h40, começava no portão principal e seguia até próximo à Avenida Gunter Hans.

A secretária Micheli Lima, 37 anos, levou o pai para vacinar e ficou surpresa como muita gente que não iimaginava tamanha procura. "Ciclista passou pela gente e até perguntou se era acidente, porque não sabia o motivo do trânsito parado", contou.

Firme e forte na fila, ela conta que 42 minutos depois da abertura dos portões, a fila seguia parada. "Está crescendo muito rápido e a fila e não está andando", comentou.

Veja o vídeo enviado por Micheli:


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário