A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/07/2015 13:00

Informatização aumenta o número de cartões de estacionamento especial

Juliana Brum
Informatização aumenta o número de cartões de estacionamento especial

Com o novo sistema informatizado, a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), passa a fazer cerca de 515 cartões para vagas de estacionamentos especiais para idosos e 20 para deficientes. Quem não apresentar o documento que é obrigatório poderá ter ser veículo removido, multa ou perda de pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Com o antigo sistema a média semanal de cartões eram de 128 para 11 deficientes. A demanda por cartões aumentou a partir do convênio firmado com MPE/MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) para fiscalização dentro dos estacionamentos dos estabelecimentos comerciais, com a intenção de garantir o direito dos idosos e deficientes previstos na legislação.

O cidadão, a partir dos 60 anos completos, ou com algum tipo de deficiência ou baixa mobilidade (temporária), pode fazer o cadastro na Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), na CAC (Central de Atendimento ao Cidadão) e nos postos de atendimento do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) para ter direito a estacionar nas vagas exclusivas.

Interessados podem fazer o pedido da credencial online através do link disponibilizado no site (www.agetran.ms.gov.br) ou no Detran (www.detran.ms.gov.br).

O cartão não isenta de pagar a tarifa de estacionamento privado, além disso, o idoso não tem o direito de estacionar na vaga do deficiente e vice-versa. O cartão deve ser feito no município onde o interessado reside e apenas em Campo Grande que ela isenta o pagamento do parquímetro, em que a taxa por hora é de R$ 2.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions