A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

14/12/2018 10:15

Interna pula muro para fugir de presídio, mas é capturada por agentes

A mulher está presa desde o dia 24 de maio por uma série de roubos e furtos a residências em Campo Grande

Geisy Garnes
O Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi fica no Bairro Coronel Antonino (Foto: Arquivo)O Estabelecimento Penal Feminino "Irmã Irma Zorzi" fica no Bairro Coronel Antonino (Foto: Arquivo)

Interna do Estabelecimento Penal Feminino "Irmã Irma Zorzi" tentou fugir após conseguir pular o muro da unidade em Campo Grande. Nathiele Taiane Vieira Bernardes, de 21 anos, só não conseguiu escapar porque foi perseguida e capturado por uma agente penitenciária que chegava ao presídio.

De acordo com o boletim de ocorrência, a tentativa de fuga aconteceu na manhã de quarta-feira (12), mas só foi registrado na noite de ontem. Para a polícia, um dos agente penitenciários da unidade relatou que Nathiele escalou o alambrado que cerca a quadra do banho de sol, chegou ao muro e pulou.

Toda a cena foi flagrada por um dos agente que imediatamente acionou o botão de emergência da quadra, mas segundo o relato, o equipamento não funcionou. Ainda conforme o registrado policial, a interna passou pela cerca eletrica e pela concertina sem os alarmes instalados ali serem acionados.

Já na rua, a mulher tentou fugir correndo, mas foi flagrada por uma agente que chegava na unidade. A servidora perseguiu e capturou Nathiele. Segundo a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), um procedimento disciplinar foi aberto e a detenta foi isolada em cela disciplinar.

Ao Campo Grande News, a agência garantiu que todos os procedimentos foram adotados pelos agentes para impedir a fuga. Inicialmente, a suspeita é de que os equipamentos de segurança da unidade tivessem falhado, mas um técnico foi chamado e constatou o funcionamento dos alarmas.

Conforme análise feita pelo sistema de videomonitoramento, os alarmes não teriam disparado porque a “interna não encostou nem na cerca nem na concertina”. A fuga é investigada pela Polícia Civil e foi registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Nathiele está presa desde o dia 24 de maio por uma série de roubos e furtos a residências em Campo Grande. A mulher e dois comparsas foram identificados em pelo menos dois crimes - um no dia 11 do mesmo mês na Vila Marcos Roberto e outro no dia 23 de maio, na Vila Carvalho. O trio foi preso em flagrante pela Polícia Militar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions