A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Agosto de 2019

18/07/2019 17:15

Irmão salva bebê de 7 dias depois de criança colocar fogo em quarto

Mãe e avó tentaram apagar as chamas usando uma mangueira, mas só conseguiram salvar algumas fraldas

Clayton Neves e Danielle Valentin
Menino de 9 anos resgatou a irmã de 7 dias do quarto tomado pelo fogo. (Foto: Kisie Ainoã)Menino de 9 anos resgatou a irmã de 7 dias do quarto tomado pelo fogo. (Foto: Kisie Ainoã)

Enxoval de uma recém-nascida de sete dias ficou destruído depois de incêndio atingir a casa de uma família na tarde desta quinta-feira (18), no Bairro Los Angeles, em Campo Grande. O fogo teria começado depois de uma criança de 2 anos ser vista brincando com um isqueiro em um dos quartos da residência onde moram seis pessoas. A bebê foi resgatada do cômodo em chamas pelo irmão de 9 anos. 

Maeli Valente, de 24 anos, conta que estava no quarto quando o garoto teria pegado o isqueiro. “Ele está com ciúme da bebê e fica com essa mania de pegar as coisas escondidas para chamar a atenção", disse a mãe.

No mesmo momento, o outro filho, de 9 anos, pediu para pegar a irmã recém-nascida do berço e ela deixou. “Fui para a cozinha e vi quando ele entrou no quarto. Minutos depois ouvi meu filho de 8 anos gritar que estava pegando fogo”, lembra.

A jovem afirma que quando voltou para o quarto, o cômodo já estava tomado pela fumaça. A bebê foi retirada do local pelo irmão enquanto ela e a mãe, Marlene Valente, de 40 anos, tentaram controlar as chamas usando uma mangueira. “Como não estávamos conseguindo, corri para a rua e pedi ajuda para os vizinhos”, relata.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por moradores e os militares controlaram as chamas usando cerca de 500 litros de água. Enquanto tentava apagar o fogo, Marlene inalou muita fumaça, passou mal e precisou ser levada para uma unidade de saúde.

A cama e todo o enxoval da recém-nascido ficaram destruídos. “A única coisa que consegui salvar foram as fraldas”, conta Maeli. Segundo a mãe, o filho teria provocado o incêndio por ciúmes da bebê. 

O celular de Maeli ficou destruído pelo fogo, mas quem quiser ajudar e fazer doações para a família pode entrar em contato com a mãe dela pelo número (67) 9 9208-1358. Falar com Marlene.


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions