ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  18    CAMPO GRANDE 

Capital

Irmãos mortos em chacina eram temidos no bairro, dizem moradores

Por Zana Zaidan e Graziela Rezende | 19/11/2013 14:21

Os dois irmãos mortos, na noite de ontem (18), durante chacina no Bairro Santa Luzia, em Campo Grande, eram temidos pelos moradores da região. Em entrevista ao Campo Grande News, moradores ressaltaram que o comportamento da dupla era tranquilo na região. Edgar José Duarte, 38 anos e Carlos Duarte, 26, andavam sermpe armados, segundo vizinhos. 

Os irmãos são proprietários de um comércio de frios e embutidos no bairro. “Eu frequentava a loja deles, até já fiz algumas entregas. Os dois eram até tranquilos, mas não tinha uma pessoa por aqui que não comentasse o quanto eles eram temidos”, conta um entregador de 33 anos que preferiu não se identificar.

Já um empresário de 45 anos, outro morador do Santa Luzia que prefere o anonimato, relata um episódio que aconteceu há 19 anos, e mostra a periculosidade da dupla. “Durante uma festa da igreja aqui do bairro, me desentendi com um deles, e ele disparou cinco tiros contra mim. Até hoje guardo a camiseta com as marcas dos tiros”, conta, e reforça que o comércio funcionava para o tráfico de drogas.

A estudante Priscila de Brito, 20 anos, mora na mesma rua onde aconteceu a chacina, e discorda que a região fosse violenta por causa da atividade dos irmãos. “Tiveram dias que deixei minha porta de casa aberta, e passei o dia tranquila. Sempre vi os dois tomando tereré na frente de casa e eles nunca aparentaram ser perigosos”, opina. Por outro lado, Priscila admite que, com o assassinato dos irmãos, fica um clima de insegurança na região.

Nos siga no Google Notícias