A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/08/2012 18:53

Irmãos são condenados à prisão por atentado contra família

Nadyenka Castro

Eles pegaram 15 e 16 anos de prisão pelo crime ocorrido em 2009, na Vila Nhá Nhá

Os irmãos Reinaldo Andrande da Silva Júnior e Paulo Roberto Sirahata da Silva foram condenados nesta quarta-feira a 16 e a 15 anos de prisão – respectivamente –, em regiem fechado, pelo atentado contra uma família no dia 18 de agosto de 2009, na Vila Nhá Nhá, em Campo Grande.

O júri popular foi presídio pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, que, pelo fato dos acusados terem disparados mais de cinco tiros, entendeu que houve nítida vontade de matar as vítimas.

O crime aconteceu na casa das vítimas. Silvio Jesus da Conceição morreu. Rosa Maria Jesus da Conceição e Cristiane Rodrigues Luison ficaram feridas pelos tiros.

Reinaldo e Paulo Roberto foram denunciados pelo MPE (Ministério Público Estadual) pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.

De acordo com a acusação, o atentado foi praticado devido a uma desavença entre Reinaldo e as vítimas.

Os irmãos possuem condenação por tráfico de drogas e a conduta social deles destoam do interesse da sociedade pois não há prova de que trabalham.

Luiz Gustavo Vieira Leite chegou a ser acusado de fornecer as armas usadas no atentado, no entanto, o juiz entendeu que não havia provas contra ele e não o pronunciou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions