ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Irmãs decodificam sinal de alarme e furtam R$ 211 mil em shoppings da Capital

Os furtos ocorreram em junho, mas só agora foram divulgados, inclusive, que também ocorreram no Paraná

Lucia Morel | 31/07/2023 18:03

Três irmãs que seriam de São Paulo deram prejuízo de R$ 211 mil a ótica e loja de celulares em dois shoppings de Campo Grande entre os dias 16 e 17 de junho. Consideradas foragidas, elas são procuradas pela Polícia Civil e já têm passagens por diversas cidades do Brasil. Elas esperam as lojas fecharem e fazem os furtos.

O modus operandi é sempre o mesmo: elas esperam o fechamento da loja alvo, se aproximam do local enquanto funcionário usa controle remoto para fechar as portas e decodificam o sinal do equipamento. Logo após, abrem a loja novamente, fazem o furto e saem levando o que querem.

Conforme a Polícia Civil em Mato Grosso do Sul, elas já agiram este ano em Marília (SP); Paraná; Porto Alegre (RS) e Olímpia (SP). De ônibus, o trio viaja às cidades, hospeda-se por três ou quatro dias em apartamentos alugados via aplicativo e, nos primeiros dias, visita shoppings e identifica lojas que vendem produtos de alto valor e que possuem portas de fechamento por controle remoto.

Juma Yara de Souza Silva, Maria Aparecida de Souza Silva e Maria Eduarda de Souza Silva estiveram em Campo Grande entre os dias 15 e 17 de junho e, segundo a Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), todos os passos delas foram refeitos através de câmeras de segurança.

Fotos das foragidas divulgadas pela Polícia Civil. (Foto: Divulgação)
Fotos das foragidas divulgadas pela Polícia Civil. (Foto: Divulgação)

Nos boletins de ocorrência registrados, em 16 de junho, a quadrilha subtraiu de uma rede de óculos importados, no Shopping Campo Grande, 117 óculos de diversas marcas renomadas, causando prejuízo de R$ 176 mil. Já no dia 17 de junho, foram 21 aparelhos celulares de uma loja do Shopping Norte Sul Plaza, e o prejuízo foi de R$ 35 mil.

A Derf informou ainda que para enganar a segurança dos empreendimentos, elas usam roupas iguais e parecidas com uniformes de vendedoras de lojas de alto padrão. A delegacia representou pela prisão preventiva das irmãs, o que foi decretado pelo Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.

“Agora, a Derf atua em conjunto com a Polícia Civil de São Paulo e de outros estados com vistas a cumprir os mandados de prisão expedidos em desfavor das autoras, consideradas foragidas desde 21 de julho de 2023”, enfatiza nota da delegacia.

Ressalta-se que no último sábado, dia 28/07, as integrantes da mesma organização criminosa foram flagradas pelas câmeras de segurança do Shopping Palladium, em Umuarama (PR), praticando furto a uma loja de eletrônicos com o mesmo modo de atuação, fugindo em seguida com diversos eletrônicos subtraídos.

Qualquer informação do paradeiro das três pode ser informado à polícia pelos números: (67) 3368-6600 ou Whatsapp (67) 99986-0295.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias