ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  04    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Jovem é preso depois de série de roubos usando carro do Governo

O carro, que seria usado pelo Imasul e ainda não havia sido adesivado, foi furtado na manhã de sexta-feira

Por Viviane Oliveira e Mirian Machado | 07/03/2021 10:50
O veículo foi recuperado por policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) (Foto: divulgação / PM) 
O veículo foi recuperado por policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) (Foto: divulgação / PM)

Com réplica de revólver, um dos suspeitos, de 22 anos, que usava um Toyota Etios, de cor branca, carro oficial do Governo de Mato Grosso do Sul, para roubar foi preso na madrugada deste domingo (7), em posto de combustíveis, localizado na Avenida Coronel Antonino, em Campo Grande. O veículo foi recuperado pelos policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais).

O carro, que seria usado pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e ainda não havia sido adesivado, foi furtado na manhã da última sexta-feira (5), por volta das 8h, do pátio do órgão. Segundo a polícia, desde então, os bandidos cometeram vários assaltos utilizando o automóvel.

Na madrugada de ontem, por exemplo, um casal, de 20 e 21 anos, foi alvo dos bandidos, na Avenida Afonso Pena, logo após o viaduto com a Avenida Ceará. As vítimas contaram que, por volta das 2h30, seguiam em um VW Gol pela na Avenida Afonso Pena, quando foram fechados por um Toyota Etios, de cor branca, que parou bruscamente na frente do carro do casal.

Réplica de pistola e celular foram apreendidos com Michael (Foto: divulgação / PM) 
Réplica de pistola e celular foram apreendidos com Michael (Foto: divulgação / PM)

O motorista do Etios desceu do carro com uma arma de fogo, tipo pistola, apontando para o casal de namorados, exigindo que eles entregassem seus pertences. O casal entregou os dois celulares e a quantia de R$ 20. O ladrão voltou para o Etios e fugiu em direção ao Parque das Nações Indígenas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário