A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/11/2013 21:31

Jovens mascarados estavam com bastões e prontos para quebrar tudo, diz polícia

Vinícius Squinelo
PM agiu rápido e acabou com o manifesto (foto: João Garrigó)PM agiu rápido e acabou com o manifesto (foto: João Garrigó)

Os cerca de 20 manifestantes que colocaram fogo em lixeiras no centro de Campo Grande estavam com bastões, rojões e prontos para “quebrar tudo”, segundo os policiais que detiveram os jovens. O movimento, que ocorreu na noite desta terça-feira (5), foi a primeira ação do grupo conhecido como black blocs em Mato Grosso do Sul.

O movimento, que vem abalando São Paulo, chegou a Campo Grande através da internet, pelas redes sociais, e começou na Praça do Rádio. Cerca de 20 jovens, a maioria menores de idade, se juntaram e foram em direção a rua 14 de julho, pela avenida Afonso Pena.

“Eles estavam com rojões e bastões, dispostos a quebrar tudo”, resumiu o tenente Fábio, do Tático do 9º BPM (Batalhão da Polícia Militar), uma das unidades que acabou com a ação dos black blocs.

A polícia acompanhou a ação e interveio logo que os jovens começaram a colocar fogo em lixeiras e em bonecos com figuras de políticos regionais.

Todos os cerca de 20 rapazes foram detidos durante a ação, que contou também com a presença do Batalhão de Choque.

Por volta das 21h, após revista, alguns dos jovens já haviam sido liberados pela polícia. (colaborou João Garrigó)



ontem a noite eu passei pela av:14 de julho eu vi a cara dos menininhos pobres e indefesos, já que é de menor tem que soltar? então solta, mas que paga pelas as atitude atos desta criaturas tem que ser o pai ou mãe ou responsáveis... só assim vão aprender a educar filhos em casa e não deixarem eles se alto educar pelas a ruas...
 
Anderson Santos em 06/11/2013 13:43:03
Só temos que agradecer a policia por evitar que estes bandidos vandalos acabem com nosso patrimonio.
 
lizeti aparecida zanineli em 06/11/2013 09:55:42
Ordem do governador. Tolerância zero com esses baderneiros. O mal se corta pela raiz. A população apoia protesto limpo, pacífico mas abomina bandidagem. Parabéns a polícia.
 
jose maria santos em 06/11/2013 08:04:43
É esses manifestantes estão achando que Mato Grosso do Sul,não tem policia?se ferraram agora vão pensar duas vezes antes de invadir a cidade como terra sem lei,parabéns a nossa PM que continue assim.
 
Neide Bohre em 06/11/2013 07:37:49
Liberados? Como assim? por que não foram logo enquadrados e enjaulados? Leiam o texto abaixo e reflitam, por favor:“Na primeira noite, eles se aproximam
E colhem uma flor do nosso jardim
E não dizemos nada
Na segunda noite, já não se escondem
Pisam as flores, matam nosso cão,
E não dizemos nada
Até que um dia
O mais frágil deles entra sozinho em nossa casa
Rouba-nos a lua, e
Conhecendo o nosso medo,
Arranca-nos a voz da garganta
E, porque não dissemos nada,
Já não podemos dizer mais nada”
(Maiakowsky)
(Extraído de um processo judicial. Este pensamento foi utilizado para explicar uma decisão judicial.)

 
Fernando Silva em 06/11/2013 02:27:02
O Governador está certíssimo. A PM tem que agir energicamente impedindo qualquer tipo de bagunça e vandalismo. Infelizmente liberou os menores, sem chamar os pais e entregar os seus bebes, com uma recomendação, que na próxima vez esses vândalos vão sentir o cheiro de pimenta nas narinas e uma dor nas costas, provocada pelos cacetetes da PM.
 
Josivaldo Pereira em 06/11/2013 00:07:50
MANIFESTANTES?? OU MARGINAIS
 
DIVINO RIBEIRO em 05/11/2013 21:50:06
Liberadossssssss????????? Como assim???? Só porque são menores? Dai-me paciência! Depois eles voltam, num é mesmo? Indignado!!!!
 
José Ferreira em 05/11/2013 21:38:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions