A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/04/2014 21:37

Justiça cria central responsável pela escuta de menores vítimas de violência

Alan Diógenes

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul criou a Central de Depoimento Especial, que será responsável pela escuta de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (03) no Diário da Justiça.

Em março, foi aprovado o projeto de resolução que transforma a Central de Cartas Precatórias da Capital na 7ª Vara Criminal, permitindo que o depoimento especial fosse implantado. A alteração atende também a recomendação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), para que os tribunais viabilizem a criação de varas especializadas em direito da infância e juventude.

A ação foi promovida devido a necessidade de se viabilizar a produção de provas testemunhais de maior confiabilidade e qualidade nas ações penais em que crianças são vítimas ou testemunhas.

A central auxiliará os juízos na oitiva de criança e adolescente vítima ou testemunha de violência, realizando a colheita do depoimento em ambiente separado da sala de audiência, por meio de videoconferência, assegurando-se segurança, privacidade, conforto e condições de acolhimento.

Tribunal de Justiça implanta Juizado do Trânsito em Três Lagoas
Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, ganhou uma unidade móvel do Juizado de Trânsito na última sexta-feira (21). Agora, além das quatro va...
Tribunal de Justiça agora terá portas giratórias para maior segurança
Entrarão em funcionamento as portas giratórias nas três entradas que dão acesso ao prédio do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, na próxima se...
Mulher é condenada pelo Tribunal de Justiça por estelionato
O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul condenou nesta sexta-feira (28) uma mulher pelo crime de estelionato por cinco vezes e por uma tentativa ...
Tribunal de Justiça condena acusado de matar homem no Aero Rancho
Um homem foi condenado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (26), e ficara detido por sete anos e seis meses no regime s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions