A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/04/2015 17:32

Justiça destina produtos apreendidos de ladrões a entidades assistenciais

Michel Faustino

Justiça de Mato Grosso do Sul está doando mais de 100 objetos produtos de furto ou assalto em residências na Capital, que estavam em desuso ou desgaste, para entidades que atendem crianças e adolescentes.

Até o momento foram contempladas a Paróquia Maria Mãe da Igreja, Unidade Educacional de Semiliberdade Tuiuiú, Grupo da Fraternidade Espírita Hilário Silva, Unidade Educacional Novo Caminho, Associação Judô Aliança e Centro Recomeçando. Algumas destas instituições prestam assistência também para crianças e adolescentes deficientes e usuários de drogas.

O Grupo da Fraternidade Espírita Hilário Silva, que atende as crianças moradoras do Bairro Parque do Sol, que fica na região do aterro sanitário, recebeu um teclado profissional e outros instrumentos musicais.

Segundo o juiz diretor do Fórum da Capital, Aluízio Pereira dos Santos, uma parceria deve ser feita com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) nos próximos dias irá para formalizar a doação de cerca de 80 bicicletas para que os detentos fabriquem cadeiras de rodas para serem doadas a deficientes físicos.

Com a edição da Portaria nº 004/2014 da Direção do Foro de Campo Grande, os objetos de crimes apreendidos passaram a ser destinados à doação, em benefício da sociedade. Na semana passada foram doadas 1.000 armas de fogo ao Exército Brasileiro para serem repassadas às polícias civil, militar e federal.

“Este é apenas o início dos trabalhos. A previsão é entregar nos próximos meses mais lotes de armas de fogo e munições até atingir as cerca de 5.000 previstas, zerando o estoque de armamento apreendido até o ano de 2012, exceto nos casos de homicídio ou tentativa de homicídio de processos em andamento”, diz o magistrado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions