A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

12/02/2013 08:55

Justiça nega liberdade a envolvido em assassinato no Nova Lima

Crime aconteceu no penúltimo dia de 2012. Audiência está marcada para março

Nadyenka Castro

Acusado de matar a tiros Luciano Vicente de Souza, 27 anos, em Campo Grande, Marinaldo Magalhães da Silva teve o pedido de liberdade provisória negado.

O crime aconteceu na madrugada do dia 30 de dezembro do ano passado, em uma casa noturna do bairro Nova Lima. Houve discussão no local e, conforme a acusação, Marinaldo atirou em Luciano e no irmão dele, Lucas.

Um amigo de Marinaldo também estaria envolvido na confusão e teria atirado em Lucas. A Justiça negou o pedido de prisão preventiva dele.

Luciano foi atingido por dois tiros, um no abdômen e um no tórax, e morreu a caminho do posto de saúde. Lucas foi levado para a unidade de saúde do bairro Coronel Antonino e depois transferido para Santa Casa.

O pedido de liberdade de Marinaldo foi negado pelo juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. A primeira audiência sobre o caso está marcada para o dia 18 de março, a partir das 13h30min.



Isso é uma injustiça que estão fazendo com o Marinaldo Magalhães , eu Mariana Araujo estava no dia desse ocorrido e vi infelizmente quem matou Luciano e baleu Lucas. Enquanto o outor do crime conhecido como Jean Carlos De Oliveira Ramos esta solto andando pelas ruas como se nada tivesse acontecido e não só eu acho isso como a região toda do Nova Lima sabe que foi ele que matou . Só queria que a Justiça fosse justa para soltar Marinaldo Magalhães um homem trabalhador que tem uma familia para sustentar como muitos outros.
 
Mariana Araujo em 06/05/2013 11:24:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions