ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  15    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Justiça nega pedido para interditar Parque Laucídio Coelho

Por Jeozadaque Garcia | 20/02/2012 18:58

A Justiça negou na última sexta-feira (17) pedido de liminar impetrado pelo MPE (Ministério Público Estadual), que tentava interditar o Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande, até que fossem emitidas as licenças ambientais para realização de festas.

Segundo a assessoria de imprensa da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), organizadora da Expogrande, o juiz Amaury da Silva Kuklinski, da Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, entendeu a Promotoria do Meio Ambiente pedia mais do que foi acordado no TAC (Termo de Ajustamento de Conduta).

O MPE tentava proibir, além de shows externos, eventos realizados em ambientes fechados do recinto. Segundo o vice-presidente da Acrissul, Jonathan Pereira Barbosa, a maioria dos locais públicos de Campo Grande não têm os licenciamentos que o MP cobra, mas ainda assim promovem shows.

Além disso, para ele, ter que tirar o licenciamento ambiental e refazer o isolamento acústico do parque é “uma medida, que além de onerosa, também é impraticável e injusta”.

A Expogrande está marcada para acontecer entre os dias 12 e 22 de abril. A Acrissul já declarou que não pretende realizar a feira sem shows, já que seria inviável.

Agora, a entidade pretende acionar o MPE judicialmente para obter a reparação de possíveis danos morais e materiais sofridos com a proibição de eventos de qualquer natureza no Parque Laucídio Coelho.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário