A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

04/06/2012 18:10

Justiça proíbe novas internações na Unei Dom Bosco

Aline dos Santos

Unidade teve rebelião no dia 24 de maio

Internos fizeram rebelião na Unei Dom Bosco. (Foto: João Garrigó)Internos fizeram rebelião na Unei Dom Bosco. (Foto: João Garrigó)

A Justiça proibiu novas internações na Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco, em Campo Grande, e estabeleceu prazo de 30 dias para que a SAS (Superintendência de Assistência Socioeducativa) providencie a transferência de todos os adolescentes de outras regiões de Mato Grosso do Sul.

No último dia 29 de maio, a Defensoria Pública solicitou a interdição parcial da unidade. O juiz da Vara da Infância e da Juventude, Roberto Ferreira Filho, determinou a realização de exame de corpo de delito em sete adolescentes que teriam sido agredidos pela Polícia Militar e por agentes durante a rebelião do dia 24 de maio.

Na Unei Dom Bosco, a quantidade de internos é superior a capacidade do local, que atualmente tem 48 vagas, mas abriga 75 adolescentes. Além do excesso de internos, a quantidade de agentes por plantão compromete a segurança.

O defensor público Eugênio Luiz Dameão relatou à Justiça falta de espaço, constantes rebeliões e fugas, e o uso de drogas dentro da Unei.

Defensoria Pública pede interdição parcial da Unei Dom Bosco
A interdição parcial da Unei (Unidade Educacional de Internacional) Dom Bosco, em Campo Grande, foi pedida ontem (29) pela Defensoria Pública de Mato...
Infratores da Unei Dom Bosco fazem rebelião; Polícia está no local
Adolescentes já queimaram colchões e policiais usam bombas de efeito moralInfratores da Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco, localiza...


A melhor solução é a policia parar de prender,se isso prejudicar a sociedade,a sociedade tem onde reclamar na defensoria pública...
 
arivaldo paiva em 26/06/2012 08:40:51
E a responsabilidade dos adolescentes que iniciaram a rebelião? Também é da Defensoria Pública?. Há notório egoísmo em desfavor do honesto. Utópica visão de que os internados são vítimas da sociedade só vem causando maleficios. Por que a Defensoria não impetra ação contra o Governo que não constroi mais unidades, ao invés de viabilizar por via obliqua a liberdade de assassinos e traficantes?
 
Reginaldo Salomao em 05/06/2012 08:11:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions