A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

26/04/2017 10:03

Ladrão assaltava em avenida há uma semana, até ser morto por policial

Rafael Ribeiro e Marcus Moura
Local onde bandido morreu baleado seguia interditado na manhã desta quarta-feira (Foto: André Bittar)Local onde bandido morreu baleado seguia interditado na manhã desta quarta-feira (Foto: André Bittar)

Há pelo menos uma semana as moradoras da Vila Piratininga, região sul de Campo Grande, sofriam com os assaltos cometidos por Josué Emílio Anastácio Flores, 37 anos, morto após trocar tiros com um policial civil da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), na Avenida Manuel da Costa Lima, na noite desta terça-feira (25).

Segundo apurou o Campo Grande News, o acusado, que completaria 38 anos nesta quarta-feira, agia no período noturno, sempre de moto, abordando mulheres que caminhavam sozinhas pela região ou que esperavam ônibus nos pontos de ônibus.

“Quando vi as fotos da moto, logo reconheci o veículo, só podia ter sido ele”, disse uma das vítimas do bandido, roubada na última segunda-feira (24) e que prefere não se identificar.

Na ocasião, ela voltava de um supermercado por volta das 20h40 quando foi abordada. “Assim que virei na minha rua ele me rendeu. Encostou a moto ao lado e mostrou o revólver”, disse.

A situação foi semelhante à ocorrida ontem. Flores abordou uma jovem que aguardava ônibus e foi visto pelo investigador, que voltava para casa em sua caminhonete, acompanhado da família.


O policial se identificou e deu a voz de prisão. Mas o acusado reagiu. Primeiro tentou fugir. Mas cerca de 100 metros depois, na esquina com a Rua Voluntários da Pátria, Flores sacou um revólver calibre ponto 38 fez um disparo que pegou o veículo do policial de raspão. No revide, acabou atingido no peito e morreu na hora após cair no canteiro central da avenida.


Na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, onde o caso foi registrado, descobriu-se que o acusado tinha história no crime, acumulando passagens por receptação, roubo e furto desde os 19 anos.

Além da própria Defurv, a Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) irá colaborar com as investigações do caso e dos relatos de roubos cometidos por Flores na região.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions