A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

09/09/2019 17:12

Ladrões de cemitério levam até carrinho de transportar caixão

Crime ocorreu durante a madrugada de domingo em Campo Grande. no Cemitério da Vila Santa Dorotheia, que já sofre com vandalismo

Gabriel Neris e Liniker Ribeiro
Carrinho utilizado para transportar caixão. Modelo semelhante foi furtado no fim de semana (Kísie Ainoã)Carrinho utilizado para transportar caixão. Modelo semelhante foi furtado no fim de semana (Kísie Ainoã)

A violência urbana atinge até mesmo que está em outro plano. No Cemitério Santo Antônio, na Vila Santa Dorotheia, em Campo Grande, bandidos furtaram o carrinho utilizado para levar o caixão da capela até o túmulo no fim de semana.

Por lá, funcionários não comentam a situação, mas basta olhar em volta para perceber as marcas de vandalismo. Em outra ocasião, o bebedouro também foi levado. Cruzes também foram arrancadas e janelas quebradas. Na capela do cemitério é possível perceber uma janela com vidro estourado, o que pode facilitar para a entrada de qualquer um durante a madrugada.

 

Vidro estourado na capela facilita para entrada durante a madrugada (Foto: Kísie Ainoã)Vidro estourado na capela facilita para entrada durante a madrugada (Foto: Kísie Ainoã)
Túmulo com sinais de vandalismo no Cemitério Santo Antônio (Foto: Kísie Ainoã)Túmulo com sinais de vandalismo no Cemitério Santo Antônio (Foto: Kísie Ainoã)

A aposentada Ida Maria, de 58 anos, diz que a situação é triste. O pai está enterrado no local há 20 anos e a mãe há apenas 2. “Não adianta ter muita coisa no túmulo, já levaram vaso, suporte de cobre, até mesmo flores. Põe num dia, no outro já não está mais”, lamenta. Até mesmo as fotografias do pai foram levadas. Ela diz que por mais que a região seja movimentada, dentro do cemitério, a situação é bem contrária.

O representante comercial Bento Arantes, de 41 anos, diz que a situação é um reflexo da falta de segurança do lado de fora. O muro do cemitério é baixo, “o que facilita para o pessoal ter acesso para depredar e furtar as coisas”. Ele conta que está reformando o túmulo de um familiar devido ao vandalismo. “Onde tinha vidro hoje já não tem mais. Antigamente tinha cães”, lamenta.

O Campo Grande News procurou a Prefeitura da Capital e questionou sobre a segurança do local, mas não houve resposta até a publicação desta reportagem.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions