A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/06/2013 16:52

Laudo descarta espancamento e mostra que jovem morreu atropelado

Viviane Oliveira
Local onde o jovem foi encontrado morto. (Foto: Simão Nogueira)Local onde o jovem foi encontrado morto. (Foto: Simão Nogueira)

Laudo necroscópico do Imol (Instituto Médico Odontológico Legal) descarta que Idenilson da Silva Barros, de 20 anos, foi espancado, o que segundo a Polícia, comprova que o jovem morreu atropelado por um veículo.

Idenilson foi encontrado morto na madrugada do último dia 19 no estacionamento do Jóquei Clube de Campo Grande, local onde o show da dupla Munhoz e Mariano ocorreu. Ele havia ido com a namorada e um grupo de amigos.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Carlos Martins, o laudo diz que a vítima morreu de hemorragia interna aguda, resultado de uma ação contundente de causa a esclarecer.

“Conforme o médico legista, não foi observado nenhuma lesão por espancamento. Agora vamos continuar ouvindo testemunhas e aguardar o laudo de levantamento do local”, disse o delegado, acrescentando que ainda não descarta nenhuma hipótese, como por exemplo, a de assassinato.

Segundo as primeiras informações obtidas pela Polícia no dia do crime, o rapaz havia morrido por pressão torácica em decorrência de um atropelamento que esmagou o tórax da vítima.

"Com esse resultado fica mais forte a hipótese de que o jovem tenha tomado algum tipo de bebida alcoólica e, por decorrência do álcool, tenha se deitado no chão, que pode ter resultado no atropelamento", finaliza. 

Até o momento não há nenhuma pista sobre o condutor do carro que pode ter atropelado Idenilson.



LAMENTÁVEL, MAIS UMA MORTE VAI FICAR NO ESQUECIMENTO, COM CERTEZA NÃO PODE COMPROMETER DUPLA FAMOSA E SEGURANÇAS DOS PROMOTORES DO EVENTO. AZAR DE QUEM MORREU.
 
jorge cabral em 04/06/2013 09:40:22
meu caro Luciano, fica claro que vc não entende nada de arte marcial e nem de necropsia. primeiro que na arte marcial ninguém vira super-homem, e da um soco ou chute e esmaga o tórax de outra. Segundo que a necropsia é feita por um medico especialista, e embasado em conhecimento técnico.
 
ubaldo cordoba em 04/06/2013 09:35:21
Provavelmente apoiaram o joelho no peito do rapaz na tentativa de imobilizá-lo e acabaram matando-o. Essa história ta mal contada e bem mal contada.
 
Joao Emanuel em 04/06/2013 09:03:25
"Hemorragia interna aguda" Tem que ver direito isso aí. Um golpe de arte marcial não pode praticar esse ferimento? Geralmente seguranças são praticantes de artes maciais ou tem uma noção ao menos. Acho que esse ponto deve ser investigado pelo Exmo. Delegado. Com tantos seguranças duvido que nenhum deles treine alguma coisa senão não servem para serem seguranças.
 
Luciano M.de Almeida em 03/06/2013 21:54:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions