A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

14/05/2018 09:49

Lei dos food trucks agora inclui barracas e carrinhos de lanches

Todas as formas da venda itinerante de alimentos em vias públicas estão sujeitas às mesmas exigências

Ricardo Campos Jr.
Antes a lei só considerava food trucks lanchonetes montadas tracionadas ou montadas em veículos. Agora, carrinhos empurrados pelos vendedores fazem parte da lei (Foto: divulgação)Antes a lei só considerava food trucks lanchonetes montadas tracionadas ou montadas em veículos. Agora, carrinhos empurrados pelos vendedores fazem parte da lei (Foto: divulgação)

Barracas e carrinhos simples de lanches foram incluídos na lei municipal que regulamenta a atuação dos food trucks em Campo Grande, de modo que todas as modalidades de venda de alimentos em vias públicas estarão sujeitas às mesmas regras.

A mudança foi publicada na edição desta segunda-feira (14) do Diário Oficial a partir de uma emenda apresentada no Legislativo pelo vereador Enfermeirio Fritz (PSD). O exercício dessa atividade ficará condicionado a autorização da prefeitura, que estabelecerá o número de permissões e locais disponíveis para a permanência dos vendedores.

No caso de grandes eventos, será dado um alvará provisório que vale apenas enquanto durar as feiras, exposições ou os espetáculos.

Para organizar esse processo, os vendedores de alimentos foram divididos em três categorias. A primeira corresponde aos food trucks propriamente ditos, ou seja, lanchonetes montadas sobre um veículo motorizado ou rebocados, como os trailers, por exemplo, desde que sejam recolhidos ao fim do expediente.

O segundo tipo engloba os carrinhos, que se movem com a força humana. A terceira categoria abarca as barracas desmontáveis.

Todos eles poderão vender alimentos preparados e produtos alimentícios industrializados prontos para consumo, sejam estes produtos perecíveis ou não perecíveis. O armazenamento, o transporte, a manipulação e a venda de alimentos deverão observar a legislação sanitária vigente no âmbito federal, estadual e municipal.

O município vai estabelecer os procedimentos, critérios e exigências a serem observados pelos interessados na obtenção da permissão de uso.

Após food trucks, Câmara aprova regulamentação para ambulantes na Capital
Os ambulantes da “comida de rua” poderão se regulamentar para o serviço em Campo Grande. O Projeto de Lei Complementar 549/17, que altera a Lei dos F...
Mulher é flagrada com carregador e 20 chips nas partes intimas, durante revista
Uma mulher, de 44 anos, foi detida após tentar entrar no Presídio de Segurança Máxima da Capital, do Jardim Noroeste, com um carregar e 20 chips de c...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions