A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/07/2016 19:07

Leilão de itens do tráfico tem produtos com lances de R$ 10 a R$ 800 mil

Guilherme Henri
Na operação, policiais federais apreenderam cerca de 30 veículos que também integram o catalogo dos leilões (Foto: Divulgação PF)Na operação, policiais federais apreenderam cerca de 30 veículos que também integram o catalogo dos leilões (Foto: Divulgação PF)

Itens de luxo do tráfico de drogas e lavagem de dinheiro poderão ser adquiridos de R$ 10 até R$ 800 mil em Campo Grande. Os leilões das propriedades, veículos e até talheres apreendidos pela Polícia Federal na Operação Nevada serão realizados nos dias 5 e 19 de agosto, na Justiça Federal e podem arrecadar montante de R$ 5 milhões apenas com o lance inicial dos cerca de 400 itens.

Entre os itens leiloados está uma Mercedes C280 que pode ser adquirida pela bagatela inicial de R$ 9 mil ou talheres e taças gourmet por R$ 10. A lista ainda traz uma Hillux por R$ 35 mil e dois Fiat Uno por R$ 6 mil.

Dos itens mais caros estão propriedades rurais e residências de alto padrão. Em Rio Verde, uma fazenda de 999 hectares pode ser adquirida com um lance de R$ 800 mil. Já em Ponta Porã, uma casa construída em cima de quatro lotes terá o lance inicial de R$ 600 mil.

A determinação para a realização dos leilões foi do juiz Odilon de Oliveira, da Terceira Vara Federal Criminal, que ao Campo Grande News explicou que o valor arrecadado será depositado separadamente por item em contas na Caixa Econômica Federal. “Eles permanecerão nas contas até o final do processo rendendo juros e correções. Se comprovada a inocência dos envolvidos o dinheiro é restituído. Caso não, o montante é revertido a União que deve repassar a Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas)”, explica o magistrado, que ainda aproveitou para detalhar que o valor será investido pela Senad, na aquisição de material ou armamento no enfrentamento contra as drogas.

Os leilões serão conduzidos pela leiloeira Maria Fixer e acontecerão de maneira eletrônica e presencial. Os intens ainda não foram anexados no site da leiloeira, mas os interessados podem acompanhar as movimentações aqui.

As apreensões da Operação Nevada, da Polícia Federal, ocorreram no dia 9 de junho em pelo menos três endereços diferentes. Os policiais federais estiveram na rua Serra Nevada, no Chácara Cachoeira – endereço de um dos líderes da organização criminosa e que motivou o nome da operação – também na rua das Garças, no bairro Santa Fé e na revenda de veículos localizada na Rodolfo José Pinho, no Bairro São Bento. A investigação sobre o crime organizado começou há 2 anos.

Durante a investigação, foram realizadas oito prisões em flagrante, com a apreensão de aproximadamente 778 kg de cocaína, US$ 2,2 milhões, R$ 38 mil, 1 pistola calibre 9mm, 2 revólveres calibre 38, munições calibre 38, 9mm e de fuzil calibre 5,56 mm, além de 30 veículos.

Três irmãos empresários de Campo Grande são apontados como chefes do narcotráfico internacional, de acordo com a Polícia Federal. Os criminosos atuavam na Capital, Bonito e Bodoquena, além de cidades dos Estados de São Paulo e Mato Grosso. A maior parte dos lucros do crime passava por um “testa de ferro”, proprietário da Inove Veículos, garagem de compra e venda de veículos, na Avenida Rodolfo José Pinho, que já movimentou R$ 14 milhões.

Ostentação: conheça o luxo da "casa branca do tráfico" fechada pela PF
Confortável, bem decorada e muito luxuosa. Nessa reportagem com imagens feitas pela Polícia Federal e divulgadas com exclusividade pelo Campo Grande ...
Ostentação e vida luxuosa de irmãos levaram PF a investigar tráfico
Carros de luxo, mansões de alto padrão, jóias e muito dinheiro em espécie, a ostentação de três irmãos e o dono de uma revendedora de veículos de Cam...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions