ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 10º

Capital

Líder indígena, Allunoe morre em Campo Grande e deixa legado de luta

O velório acontecerá amanhã (24), às 7h30, na Pax Real do Brasil, na Avenida Bandeirantes

Por Clara Farias | 23/06/2024 18:10
Líder indígena terena Madalena Gomes Marcos, em sua casa na Capital (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Líder indígena terena Madalena Gomes Marcos, em sua casa na Capital (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A líder indígena terena Madalena Gomes Marcos, 87 anos, morreu neste domingo (23), em Campo Grande. Com um legado de lutas e resistência, Madalena nasceu na Aldeia Bananal no município de Aquidauana, e se mudou para Capital em 1945 com o esposo. O velório acontecerá amanhã (24), às 7h30, na Pax Real do Brasil, na Avenida Bandeirantes.

Na tradição terena, Madalena levava o nome de Allunoe, conta a filha Mirian Terena. Ao longo de sua vida, Allunoe trabalhou como doméstica em Campo Grande até que passou a trabalhar na Casa de Saúde Indígena. "Ao sair da aldeia, ela não conhecia muitas coisas da realidade não indígena, sua alimentação era diferente, ela não comia sal, açúcar e nem tomava refrigerante", comentou Mirian.

A filha relata que Madalena lutou por melhorias na saúde indígena e pelos direitos das mulheres indígenas. "Ela sempre ajudava as crianças indígenas que não tinham seus país. Dona Madalena deixa um grande legado de aprendizado da causa indígena", lembrou ela.

Ao mesmo tempo que enfrentava discriminações na Capital, Allunoe mostrou para a juventude indígena que é possível enfrentar essas barreiras, afirmou Mirian Terena. "Não foi fácil a vida dela. Ela dizia: 'vamos em frente, não abaixa a cabeça, vamos lutar porque somos indígenas, somos do povo Terena e precisamos lutar contra todo tipo de preconceito", finalizou.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias