A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

16/03/2014 08:55

Mãe sai para beber na rua, leva criança e é flagrada pelo Conselho Tutelar

Bruno Chaves

Uma mulher de 24 anos foi autuada por abandono de incapaz, na madrugada deste domingo (16), por sair para beber em frente a uma cervejaria e deixar o filho de cinco anos sob os cuidados de terceiros. Ela foi flagrada pelo Conselho Tutelar.

Por volta das 4h, policiais militares retornavam de uma operação conjunta com o Conselho Tutelar, quando flagraram um menino sonolento e “dormindo em pé”. A criança estava encostada em um carro nos altos da Avenida Mato Grosso, em Campo Grande.

A equipe realizou a abordagem e perguntou qual dos adultos era responsável pelo menor. Uma operadora de caixa de 37 anos disse que estava cuidando do menino, mas não tinha nenhum grau de parentesco com ele.

Ela ficou irritada com os questionamentos da Polícia e passou a hostilizar os militares. Passado alguns momentos, a mãe da criança chegou ao local. Ela disse que tinha saído para comprar outras bebidas.

As duas mulheres foram levadas para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. A operadora de caixa foi atuada por desacato e a mãe do menino por abandono de incapaz. O Conselho Tutelar entregou a criança para uma tia materna.

Operação – A equipe policial e duas conselheiras tutelares, na noite de ontem (15) e madrugada de hoje, cumpriam um mandado da 2ª Vara de Direitos Coletivos e Difusos nos altos da Avenida Afonso Pena.

Moradores da região denunciaram à Justiça e ao MPE (Ministério Público Estadual) que crianças e adolescentes costumam consumir, com frequência, bebidas alcoólicas em frente a uma conveniência dos altos da Avenida Afonso Pena.

O fato desencadeou a vistoria da equipe do Conselho Tutelar e da Polícia Militar.

Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


Não tá certo esse negócio de desacato, quem mais desacata a população é a policia, mas com eles nada acontece, não to defendendo a mulher, mas a policia chega em uma rodinha na rua, onde visivelmente a mulher já tava meio alegre pois tava bebendo, mas beber não é crime, então vamos por aí, a mulher não ta dirigindo, mas tá bêbada, a policia chega e começa a dar uma dura, se a pessoa falar mais alto, porque tá bêbada, eles já consideram desacato, eu acho que desacato é resistir a prisão, humilhar a pessoa ou agredir fisicamente, fora isso é conversa, a policia de Campo Grande grita com todo mundo, mas na hora que vão falar com eles tem que ser bem baixinho e com sim senhor no final da frase, vá catar coquinho né?
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 17/03/2014 08:18:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions