A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/10/2011 20:03

Matagal alto transforma Duque de Caxias adentro em cenário de assaltos

Paula Maciulevicius

A semana passada encerrou com dois assaltos a motociclistas. A primeira vítima foi levada para dentro do matagal, às 7h30 da manhã

Pouco movimento e terrenos baldios facilitam ação de ladrões e preocupam moradores. (Fabiano Arruda)Pouco movimento e terrenos baldios facilitam ação de ladrões e preocupam moradores. (Fabiano Arruda)

Recém inaugurada, a avenida Duque de Caxias trouxe melhorias à população campo-grandense. Apesar do recurso gasto desde a retirada dos trilhos à modernidade, a avenida adentro deixa a desejar. Cenário de dois assaltos a motociclistas na semana passada em plena manhã, o matagal passou a servir de esconderijo para ladrões.

E quem afirma isso são os próprios moradores e os fatos. A semana passada encerrou com o caso de dois rapazes que tiveram as motocicletas roubadas. A primeira vítima foi levada para dentro do matagal, em uma avenida recém aberta, Manoel Ferreira, entre o bairro Santo Antônio e o Jardim Imá, a segunda foi abordada na via mesmo, pelo outro homem, enquanto trafegava. Um dos autores já está preso.

O que chama atenção no caso é a hora em que tudo ocorreu, 7h30 da manhã da última quinta-feira.

“Tem pouco movimento e o povo fica parado mesmo. Tem carro que para ali e fica desligado, levanta suspeita”, conta a moradora Marília Lemos dos Santos, de 23 anos.

Matagal alto vira esconderijo e local para ação de bandidos entre o Santo Antônio e Jardim Imá. (Foto: Fabiano Arruda)Matagal alto vira esconderijo e local para ação de bandidos entre o Santo Antônio e Jardim Imá. (Foto: Fabiano Arruda)

Pegando a avenida Duque de Caxias e entrando em direção ao Jardim Imá, a avenida Manoel Ferreira, antes de chegar na rua Taquari é marcada por dois extensos terrenos baldios. A altura do matagal chama a atenção e pode servir de “refúgio” para assaltantes.

“É cheio de mato, sempre que eu passo é de carro, nunca é a pé. Vai saber o que se passa ali e se eles pulam de lá na frente da gente?”, levanta a hipótese a moradora Marília.

O Campo Grande News esteve no local durante a tarde, a região é pouco movimentada e o matagal pode sim esconder muita coisa.

“A noite não tem luminária, e esse tantão de mato aí. Se alguém pega, leva e ninguém vê”, comenta Leda Maria Colino, de 18 anos.

Tanto Leda como Marília desconheciam o assalto aos motociclistas ocorrido no começo da manhã da última quinta-feira. “Nossa, eu não fiquei sabendo, mas em casa é tudo trancado, ninguém senta lá fora. Pouco não, temos muito medo da escuridão e do perigo”, completa Marília.

A situação já melhorou do ponto de vista da vizinhança, mas ainda deixa a desejar. “Antes era um mato bem mais alto, antes de abrir essa avenida aqui. Era tudo fechado com aqueles blocos de concreto, mas mesmo assim já tinha carro parado e um movimento estranho”, finaliza Leda.

A solução no ponto de vista dos moradores seria reforço na segurança e iluminação durante a noite. “Até tem poste, mas as luzes não funcionam”, relata uma vizinha.

Para Marília, a reforma na Duque de Caxias poderia ter abrangido toda a região adentro. “Tinham que limpar esse mato todinho, é um breu e matagal de um lado, matagal de outro, porque não faz condomínios, casa, qualquer coisa?”, questiona.

Uma comerciante da região conta que já foi assaltada três vezes, mas que precisa continuar de portas abertas. “Você tem que trabalhar, não pode ficar com medo. Isso aqui era tudo matagal, melhorou, mas ali ainda é escuro”, ressalta.

Enquanto o Campo Grande News esteve no local, a movimentação pacata da avenida reforça a prática de ladrões, que pela própria ocorrência de assalto, não precisa nem esperar o cair da tarde para acontecer.

Prefeito inaugura Via Morena e assina ordem para reforma da Afonso Pena
O prefeito Nelsinho Trad inaugura às 9h, junto com o governador André Puccinelli, a Via Morena e a ciclovia na extensão da avenida Duque de Caxias. E...
Agetran inicia sinalização da avenida Duque de Caxias
Previsão que até início de setembro todo o processo seja encerrado na viaA Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) começou hoje a reali...


Realmente é preocupante a situação nas quadras entre a Duque de Caxias e a Taquari.
A prefeitura de um lado deixa aquela mata crescer e o povo da região jogando lixo por lá.
Vamos fazer um pacto: a prefeitura limpa os terrenos e nós não jogamos mais lixo lá.
Senhores proprietários de casas na região não joguem entulhos de construção, lixo doméstico (a Prefeitura faz a coleta) e de jardinagem.
 
Orlando Mishima em 11/10/2011 10:01:43
Parabéns à reportagem. Moro na região e esse matagal não é de hoje. Já existe a mais de 30 anos, mais como sempre, as autoridades falam muito e agem pouco, e quando agem, é sempre em benefício próprio, pensando em eleição!
 
Marcelo Max em 10/10/2011 09:10:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions