A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/04/2015 21:33

MEC adota novas regras para seleção do Fies e revolta estudantes de universidade

Adriano Fernandes
Jonathan é dos estudantes que vai participar do protesto amanhã. (Foto: Reprodução/WhatsApp)Jonathan é dos estudantes que vai participar do protesto amanhã. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O MEC (Ministério da Educação) adotou novas regras para seleção do programa Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) restringindo o número de inscritos em universidades, e o fato tem revoltado estudantes de uma universidade da Capital. As queixas são quanto a dificuldade de acesso ao sistema, e ao preenchimento das vagas disponibilizadas que já atingiu o limite, mesmo quando em sala de aula o número de alunos matriculados é maior.

As inscrições para o programa seguem até o dia 30 deste mês, mas desde então a estudante do curso de psicologia da Faculdade Unigran Capital, Kimberly Vitoria Ciminva, de 17 anos, tem dificuldade no acesso. De acordo com a jovem, todo o processo chega ser concluído virtualmente, mas na hora de confirmar a inscrição, o sistema acusa que o limite de financiamento para a instituição está esgotado. “Sinto tristeza pois se eu não conseguir o financiamento, infelizmente vou ter que trancar o curso, que com descontos custa R$ 735,00 por mês”, se queixa.

O mesmo problema também ocorre com os estudantes Jonathan Malaquias, de 40 anos e Myckael Fernandes, de 19. Por diversas vezes os acadêmicos do curso de Educação Física da instituição, repetiram o processo de inscrição, mas sem sucesso. “ A mensagem é de que não há limites para novos inscritos, sendo que já estou matriculado, quase em semana de provas”, comenta Jonathan.

De acordo com a presidente da CPFA ( Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento do FIES) Luciane Jacobfen, a Universidade Unigran Capital disponibilizou junto ao programa a possibilidade de que 100 % de seus alunos conseguissem o financiamento, no entanto, devido as novas regras de financiamento que passaram a valer este ano, e que seguem critérios impostos pelo programa, nem todos os alunos estão conseguindo o financiamento.

Alguns cursos, como o de Educação Física, já estão com o número de inscritos no limite do permitido pelo sistema e infelizmente, não atendendo a toda a demanda de alunos matriculados. “Caso haja desistência de algum dos inscritos, ou algum imprevisto que faça com que ele não possa executar o financiamento, automaticamente sua vaga é liberada para que outro estudante que conseguir o acesso possa tentar o financiamento”, ressaltou Luciane.

As mudanças citadas pela presidente da comissão, são medidas que passaram a valer a partir do primeiro semestre de 2015 com base em avaliações feitas pelo MEC (Ministério da Educação) nas universidades do pais.

De acordo com o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) as requisições de novas inscrições são liberadas por instituição de ensino e por curso, em ordem cronológica, ressalvados os critérios de qualidade, distribuição regional e disponibilidade de recursos.

Há atendimento pleno aos cursos com nota 5 (nota máxima nas avaliações do MEC). Com relação aos cursos nota 3 e 4 são considerados alguns aspectos regionais, ou seja, cursos e localidades que historicamente foram menos atendidos terão prioridade.

Contudo se um aluno não consegue uma vaga ao acessar o sistema, em determinado curso pretendido, é porque as vagas devem realmente ter acabado. Para pesquisar instituições e cursos disponíveis, basta pesquisar no link.

Como forma de protesto as limitações do programa, os alunos planejam organizar uma manifestação nesta quinta-feira, às 7h em frente a Unigran. A expectativa é de reunir cerca de 50 estudantes na manifestação. 

Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...
Homem tem corpo queimado em acidente doméstico e morre na Santa Casa
Após dois dias internado, José Loureiro da Cruz, 49 anos, morreu por volta das 6h30 desta sexta-feira (15) na Santa Casa em decorrência de acidente d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions