A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/08/2015 20:41

Médicos avaliam primeira proposta da gestão Alcides Bernal

Thiago de Souza e Alan Diógenes
Presidente do Sinmed-MS, Valdir Siroma aguardava proposta da gestão Alcides Bernal. (Foto: Arquivo)Presidente do Sinmed-MS, Valdir Siroma aguardava proposta da gestão Alcides Bernal. (Foto: Arquivo)

Cerca de 35 médicos que atendem pela Rede Municipal de Saúde, avaliam, na noite desta sexta-feira (28), a portas fechadas, uma proposta da Prefeitura Municipal de Campo Grande, que tenta por fim a greve que já dura 15 dias. Esta é a primeira proposta oficial desde que o prefeito Alcides Bernal reassumiu o cargo, nesta quinta-feira (27). 

O secretário de Saúde da Prefeitura, Ivandro Fonseca foi até a sede do Sinmed-MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul) entregar uma nova proposta do executivo, por meio de um documento. Ele foi embora, mas ficou o secretário de Saúde adjunto, Victor Rocha, para explicar aos profissionais da saúde os detalhes da proposta.

O presidente do Sinmed-MS Valdir Siroma aguardava, desde a manhã de hoje, essa proposta para colocá-la em assembleia. Os médicos não abrem mão do pagamento dos salários até o 5º dia útil e não de forma escalonada como estava sendo feito, na administração Gilmar Olarte

Os médicos estão em greve desde o dia 15 deste mês e só realizam o atendimento nos centros regionais desaúde 24 horas e nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento). O serviço está totalmente suspenso nas unidades básicas de saúde e do programa Saúde da Família.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions