A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/05/2015 14:25

Menina que escapou de estupro tem insônia e não consegue ir à escola

Luana Rodrigues
Antônio arrastou duas crianças para o mato e fugiu após menina lhe dar uma mordida e ser flagrado (Foto: Divulgação)Antônio arrastou duas crianças para o mato e fugiu após menina lhe dar uma mordida e ser flagrado (Foto: Divulgação)

Sem poder ir à casa da mãe e com medo de ir a escola, a menina de 12 anos, que quase foi estuprada por um homem de 25, na manhã do último domingo(10), ainda tem dificuldades para esquecer os momentos que passou nas mãos do agressor. Conforme relatou a mãe da criança ao Campo Grande News, na manhã desta quarta-feira(13), a filha está passando por acompanhamento com a psicóloga da escola em que estuda, mas não consegue esquecer o fato.

"Ela passou a noite de domingo para segunda toda sem dormir, agora consegue dormir melhor, mas toda vez que tocamos no assunto começa a ficar vermelha e apertar as mãos como quem ainda tem medo, estamos evitando falar sobre isso com ela", explicou a mulher.

O motociclista Antônio Paula da Silva, 25 anos, preso na manhã desta terça-feira (12), no Jardim das Cerejeiras foi solto porque não houve o flagrante. A tarde, suspeito foi detido novamente no Bairro Nova Lima, por ameaçar a família das crianças. Após isso, a mãe conta que o estado da filha piorou. "Ficamos com medo, vivemos trancadas, porque ele nos ameaçou, hoje vim trabalhar com muito medo, porque agora não sabemos se vai continuar preso ou se será solto", relatou.

Segundo a mãe, a menina está na casa do pai, onde se sente mais segura. "Ele está levando e buscando ela na escola, porque ela não estava querendo ir a aula com medo de ser seguida", conta.

Outra menina de 10 anos, também foi abordada pelo suspeito, mas conseguiu fugir após lhe morder o braço. "Minha sobrinha está melhor, porque ela correu logo, não viu ele, não ficou com ele, mesmo assim também está assustada", afirma.

O Caso - O motoqueiro de 25 anos foi preso na manhã desta terça-feira(12), suspeito de estuprar uma criança, de 12 anos, no domingo (10) no Jardim das Cerejeiras. Ele foi identificado por uma mordida no braço, causada por outra criança de 10 anos que acompanhava a menina e conseguiu fugir.

De acordo com a Polícia Militar, no domingo(10), as meninas, 10 e 12 anos, estavam se deslocando até a casa de umas delas, quando ao passar por uma ponte o acusado se aproximou em uma moto e mandou que as meninas jogassem a bicicleta em um matagal ao lado e fossem embora.

Ao chegar próximo ao matagal, o acusado segurou as meninas pelo pescoço e braço, mas uma delas, de 10 anos, mordeu o braço do agressor e conseguiu fugir. Mesmo com a fuga de uma das meninas, o motoqueiro tirou a própria roupa e também a da outra criança, passando a mão nas partes íntimas dela.

Ao avistar a menina mais nova correndo, um motorista resolveu procurar o que havia acontecido e flagrou o motoqueiro com a menina no matagal, mas rapidamente o acusado vestiu a roupa e fugiu de moto. O rapaz conseguiu anotar a placa do veículo.

Os familiares da menina entraram em contato com a Polícia Militar e informaram a placa do veículo. Nesta manhã, a PM, em parceria com a DEPCA, prenderam o acusado na Ceasa (Central de Abastecimento de Mato Grosso do Sul), onde trabalhava. Ele prestou depoimento à delegada e negou o crime. As meninas foram levadas até o local e, sem serem vistas, identificaram o autor.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions