A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

31/07/2011 08:47

Menino morre após 35 dias com queimaduras provocadas por álcool

Nadyenka Castro e Ana Paula Carvalho

Caso foi no Cabreúva

David Juliano dos Santos, sete anos, morreu na noite desse sábado, em Campo Grande, devido à diversas queimaduras causadas pela explosão de álcool. Ele estava internado havia 35 dias.

De acordo com relato da família à Polícia Civil, o menino pegou o produto inflamável na casa de um vizinho, no bairro Cabreúva, e passou a brincar.

Em um determinado momento houve a explosão. David foi socorrido para a Santa Casa, ficou internado, mas não resistiu às diversas queimaduras e morreu pouco antes das 21h30min.

Este não é o primeiro caso de brincadeira com álcool que termina em morte. Thiago Jean Phillipe Teixeira de Souza, morreu em maio, aos nove anos, com 60% do corpo queimado.

Thiago, o garoto herói, se queimou durante uma brincadeira com o líquido ao salvar a irmã, na calçada de casa, no bairro Coophamat, no dia 31 de março.

O menino pegou o álcool que estava escondido em cima do guarda-roupa e jogou

na calçada. Ele fez uma espécie de trieiro com o líquido e acendeu um fósforo.

O resultado da brincadeira foram chamas, que “correram” pelo caminho com álcool, derrubaram a garrafa e iriam atingir a irmã dele, de dois anos. Mas Thiago entrou na frente e se queimou.

Ele ficou internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e morreu em maio. A menina teve queimaduras leves na perna e está bem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions