ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Garoto com 60% do corpo queimado após salvar irmã morre na Santa Casa

Por Paula Vitorino | 18/05/2011 09:23

Brincadeira imprudente do garoto provocou o acidente

Internado desde o dia 31 de março, o garoto herói Thiago Jean Phillipe Teixeira de Souza, de 9 anos, não resistiu aos ferimentos provocados por queimaduras e morreu na tarde de ontem. Ele estava na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) da Santa Casa de Campo Grande com 60% do corpo queimado.

O menino teve o corpo todo queimado na tentativa desesperada de impedir que a irmã, de 2 anos, fosse consumida pelas chamas.

O acidente aconteceu quando os irmãos brincavam com álcool e fósforo na calçada de casa, no bairro Coophamat.

A avó das crianças, Luzia de Souza Teixeira, 76 anos, conta que Thiago pegou o álcool que estava escondido em cima do guarda-roupa e jogou na calçada. Ele fez uma espécie de trieiro com o líquido e acendeu um fósforo.

O resultado da brincadeira foram chamas, que “correram” pelo caminho com álcool, derrubaram a garrafa e iriam atingir a menina, se Thiago não tivesse entrado na frente.

O irmão mais velho, Matheus Jean Teixeira de Souza, 11 anos, ainda tentou socorrer o menino, jogando água fria e chamando os bombeiros. A irmã, de 2 anos, ainda teve queimaduras na perna.

Perigo - De acordo com a avó dos meninos, os pais de Thiago brigavam com o menino com frequência e o colocava de castigo por conta das brincadeiras com o produto.

Os pais tinham cuidados redobrados com objetos e produtos perigosos dentro de casa por conta das brincadeiras perigosas.

A avó das crianças declara que a mãe tinha comprado o álcool um dia antes para utilizar na limpeza de casa. Como sabe que o filho é danado e gosta de brincar com fogo, escondeu o produto em cima do guarda-roupa.

Nos siga no Google Notícias